.

.

terça-feira, março 31, 2015

Estilo ou conteúdo: o que é mais importante?


E aí? O que mais conta na hora da conquista: estilo ou conteúdo?
O que você tem mais? Para o que dá mais importância?
Muitas pessoas costumam dizer que não são desejadas porque não são bonitas.
Outras ainda se sentem inseguras por duvidar de sua inteligência.

Já ouviu alguém repetindo ditados do tipo "beleza não se põe na mesa", "por fora, bela viola; por
dentro, pão bolorento", entre outros que julgam o que é mais importante entre beleza e inteligência?
Já deve ter ouvido também algumas pessoas, especialmente as mulheres, sustentando que não se importam com aparência e sim com inteligência.

Resolvi trocar a palavra beleza por estilo, considerando que beleza é um adjetivo extremamente relativo e estilo tem a ver com personalidade, escolha, autenticidade. E como costumamos considerar inteligência um adjetivo derivado do raciocínio lógico, também troquei por conteúdo. Conteúdo vai muito além dos pensamentos ou conhecimentos formalmente adquiridos. Tem a ver com experiências vividas, coração aberto, humor, bom senso.

Se você está se sentindo inseguro ou em dúvida, saiba que uma pessoa pode não ter a beleza que gostaria ou que a ditam as regras da moda. Mas é essencial que ela descubra qual é o seu estilo. O que a torna interessante aos olhos alheios. O que transmite ao mundo sua verdadeira essência. E isso tem a ver com jeito de olhar, falar, sorrir, caminhar e até a simples forma de estar presente. Tem a ver com crenças, valores, humor, fé e gentileza.

E como ter? Acima de tudo, é preciso se conhecer, saber de si. Encontrar sua porção única. Reconhecer seus dons e talentos. Desenhar sua missão. Admitir seus enganos e dificuldades. É preciso ter coragem de ser. De se colocar. De pisar no chão com os dois pés, olhos adiante e assumir-­se no seu lugar.

E quanto à inteligência? Bem, tem muita gente com educação formal bastante precária e, ainda assim, repleta de conteúdo. Porque conteúdo é próprio de quem se joga na experiência. De quem não tem medo da vida. De quem arrisca. De quem cai e levanta. Perde e tenta de novo. Recomeça quantas vezes forem necessárias.

Talvez seja mais simples compreender a diferença entre beleza e estilo quando percebemos que beleza tem a ver com medidas padrões e estilo tem a ver com espontaneidade, verdade e leveza. E a diferença entre inteligência e conteúdo é basicamente a diferença entre teoria e prática. Tem inteligência quem sabe. E tem conteúdo quem faz.

E aí? No que você vai investir? O que precisa desenvolver em si mesmo e o que vai apreciar no outro? A escolha é sua. Apenas lembre-­se de que é sempre tempo de se refazer. De rever conceitos e crenças. De se reinventar. Não exatamente de se consertar, porque não estamos quebrados. Mas de começar a desenvolver novos hábitos, novos comportamentos.

E é exatamente nessa hora que você se despede de uma vida cheia de limitações e tristeza e começa a viver uma vida repleta de possibilidades e realizações. Porque, no final das contas, bom mesmo é ter estilo e conteúdo

Rosana Braga

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...