.

.

sexta-feira, novembro 09, 2018

Bom fim de semana a todos...








Controle-se e descontrole-se


"Quanto mais tento controlar o que está fora de mim, mais eu ME descontrolo."


Repita essa afirmação em voz alta e veja como você se sente.
Em seguida pense nas coisas e nas pessoas que você quer ter sob seu controle.
Pergunta: essas coisas e essas pessoas conseguiriam existir sem você?
Sua resposta deve ser extremamente honesta. Não se engane.

Um dia aprendemos a abraçar a ilusão de que somos indispensáveis.
É essa ilusão que nos escraviza à necessidade de viver em constante vigilância
como se fosse muito perigoso deixarmos que tudo e todos seguissem e
prosseguissem sem nosso excessivo cuidado, que geralmente é cansativo
e estressante para os dois lados.

Aceitemos ou não, tudo está em permanente movimento,
e isso sempre envolve mudanças.
A razão maior de alguns sofrimentos é a resistência em aceitar que tudo pode
mudar sem que se consiga controlar o processo.

Nenhuma guerra teria acontecido neste mundo se não houvesse
tanta gente resistente a mudanças.
O que é uma guerra senão o desejo das partes envolvidas
de ver a sua vontade dominando?

E assim é conosco também. Vivemos pequenas, médias e grandes "guerras"
diariamente só pela vontade de dominar e de alterar as escolhas e rotas alheias.

A paz só pode estar presente no coração de quem visa apenas o controle sobre si mesmo.
Como se pode encontrar descanso, dormindo com um ôlho aberto e o outro fechado?
O cansaço se acumula, e o que não podemos segurar escapa cada vez
mais pelos vãos dos nossos dedos.

Se seguíssemos a ordem "Viva e deixe viver"
teríamos mais longevidade e menos doenças, além de
outros transtornos terríveis e sufocantes.

O fato é que não somos - nem podemos ser! - onipotentes, oniscientes e onipresentes.
É imprescindível para o nosso próprio bem que reconheçamos que só Deus pode sê-lo.

Já que não podemos ser "deuses", escolhamos ser gratos por ser mais uma obra de Deus,
obra esta que veio ao mundo para ser aprimorada e, acima de tudo, LIVRE!
A liberdade só é experimentada quando libertamos
o que não temos capacidade para segurar.

Se o seu coração e mente lhe parecem gaiolas fechadas,
abra as portas e deixe que voem os "pássaros" presos.

Aproveite essa atitude para voar livremente também.
Ninguém o seguirá no momento derradeiro e vice-versa.
Essa verdade é indiscutível e imutável como todas as Leis do Céu.

Liberte para libertar-SE.

(Silvia Schmidt)




Sol Hoffmann

quarta-feira, novembro 07, 2018

Boa noite...







Você pode!



Você tem poder.
Você pode deixar uma pessoa feliz; pode deixar essa mesma pessoa triste ou zangada.
Você pode fazer-se amar ou odiar, só depende de você.
Você pode construir ou destruir, ser bom ou mau, fazer o bem ou fazer o mal.
Você pode ser grande ou pequeno, independente da sua altura.
Você pode brilhar e você pode se apagar.
Você pode pensar positivo ou transformar tudo a sua volta em catástrofe.
Você pode dar um sorriso ou virar o rosto.
Você pode sorrir ou chorar.
Você pode plantar e você pode colher.
Você pode dar a mão ou cruzar os braços.
Você pode ser bênção ou maldição.
Você pode ser alguém e pode ser ninguém.

Existe um poder dado por DEUS ilimitado dentro de você e você pode escolher.
A sua atitude vai fazer toda a diferença. Você pode passar sua vida inteira se lamentando ou pode fazer alguma coisa para mudar a situação.

Só você pode decidir ser um vencedor ou um perdedor.
(© Letícia Thompson )





Sol Hoffmann

sábado, novembro 03, 2018

Boa noite amigos...






Deus costuma...


"Deus costuma usar a solidão
para nos ensinar sobre a convivência.

Às vezes, usa a raiva,
para que possamos compreender
o infinito valor da paz.

Outras vezes usa o tédio,
quando quer nos mostrar a importância da aventura e do abandono.

Deus costuma usar
o silêncio para nos ensinar sobre a responsabilidade
do que dizemos.

Às vezes usa o cansaço,
para que possamos
compreender
o valor do despertar.

Outras vezes usa doença,
quando quer nos mostrar
a importância da saúde.

Deus costuma usar o fogo,
para nos ensinar sobre água.

Às vezes, usa a terra,
para que possamos
compreender o valor do ar.

Outras vezes usa a morte,
quando quer nos mostrar
a importância da vida".

(Fernando Pessoa)



Sol Hoffmann

Boa tarde Comentando...








Isso de amizade...



Ah, esse fenômeno instigante, o das amizades que se mantêm independentes da convivência.

Será amizade? Será saudade comum dos anos vividos em amizade? Será saudade dos anos felizes ou uma afinidade que se espraia no tempo? Não sei responder. Sei que com algumas pessoas (poucas), há uma insistência teimosa em desejar ver, trocar idéias e experiências, creio, pela certeza da reciprocidade e do "ser aceito".

Sim, talvez seja a certeza de ser aceito, uma das maiores necessidades humanas neste mundo de incompreensões. Talvez seja a necessidade da existência de certeza prévia de acolhimento ao que somos, como somos e ao que pensamos, o fermento da amizade.

O mistério da amizade talvez resida no alívio que traz a existência de alguém que nos acolha. Digo acolha e, não, recolha - aí já seria dependência de um lado e paternalismo do outro.

Acolher significa receber de bom grado, previamente, sem julgamentos ou resistências. É molesto o fato de que os seres humanos vivam a julgar e que suas opiniões prévias interponham barreiras na comunicação, dificultando- a.

O mistério da afinidade consiste na inexistência das resistências ao outro, mesmo quando haja discordância. Isso não deriva apenas de afeto. Quantas vezes há afeto entre as pessoas sem, porém, a aceitação natural, espontânea e prévia?

Verifique nas amizades tidas e vividas ao logo da vida, o que delas restou. Haverá muita vivência, boa e má. Raramente, porém, restará a amizade...

Com os anos, vão se tornando escassas as amizades que atravessaram o terreno íntimo que lhes é próprio sem arranhões e sem mágoas, restando, como fruto, após ingentes experiências humanas e existenciais, apenas (e já é tanto...) a amizade.

Amizade é o que resta da amizade. Se o que resta de uma amizade é amizade, então amizade é...
Da verdadeira!


(Artur da Távola)



Sol Hoffmann

quinta-feira, outubro 25, 2018

Boa noite Comentando...









O miligre da renovação



" Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um individuo genial. Industrializou a esperança fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Ai entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente." 


(Carlos Drummond de Andrade)



Sol Hoffmann

sábado, outubro 20, 2018

Boa noite...









Coisas que a vida ensina



Amor não se implora, não se pede, não se espera...

Amor se vive ou não.

Ciúmes é um sentimento inútil. Não torna ninguém fiel a você.

Animais são anjos disfarçados,

mandados à terra por Deus,

para mostrar ao homem o que é fidelidade.

Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.

As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.

Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.

A água é um santo remédio.

Deus inventou o choro para o homem não explodir.

Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.

Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.

A criatividade caminha junto com a falta de grana.

Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.

Amigos de verdade nunca te abandonam.

O carinho é a melhor arma contra o ódio.

As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.

Há poesia em toda a criação divina.

Deus é o maior poeta de todos os tempos.

A música é a sobremesa da vida.

Acreditar não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente.

Filhos são presentes raros.

De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças acerca de suas ações.

OBRIGADO,  DESCULPE  e  POR FAVOR!

são palavras mágicas,

chaves que abrem portas para uma vida melhor.

O Amor... Ah! o Amor...

O Amor quebra barreiras, une facções,

destrói preconceitos, cura doenças...

Não há vida decente sem Amor!

E é certo...quem ama e é muito amado,

Vive a vida mais alegremente!


(Artur da Távola)

Sol Hoffmann

quarta-feira, outubro 17, 2018

Boa tarde Comentando...










Você é importante




- Quando ama o trabalho que faz e as pessoas que o fazem com você, você se torna importante.

- Quando você é tão cuidadoso, generoso e preocupado que você pensa em outras pessoas, antes de você, você se torna importante.

- Quando você faz do mundo um lugar melhor do que você o encontrou, você se torna importante.

- Quando você continua a aumentar a qualidade do que faz e como você faz, você se torna importante.

- Quando você ensina e perdoa e ensina mais ainda, antes de julgar e criticar, você se torna importante.

- Quando você toca no coração e na alma das pessoas por suas ações (e palavras), você se torna importante.

- Quando as crianças crescem querendo ser você, você se torna importante.

- Quando você vê o mundo como está, mas insiste em tentar fazê-lo como acha que ele pode e deve ser, você se torna importante.

- Quando você inspira um ganhador do prêmio Nobel ou um morador de favela, você se torna importante.

- Quando o lugar se enche de luz quando você entra, você se torna importante.

- E quando o que você deixa para outras pessoas continua por horas, dias ou uma vida toda, você se torna importante. 


(Seth Godin)



Sol Hoffmann

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...