quinta-feira, julho 30, 2015

Procure um amor que sinta a música


Se eu pudesse te dar um só conselho que resumisse tudo o que uma pessoa pode procurar num amor, seria esse: busque alguém que sinta a música.
Não precisa ser um exímio violinista, nem conhecer bandas da República Tcheca.
Mas sentir a música, se entregar para a música, viver a música.

Alguém que, ao apertar o play no rádio do carro veja, sem a menor dúvida, o volante se transformar numa bateria que Mike Portnoy nenhum botaria defeito.
Ou então, que faça surgir no capô um público alucinado pela sua voz.
Um amor que treine a presença de palco no banco do carro, e não ligue para o motorista do veículo ao lado a gargalhar.
Afinal de contas, o seu amor tem pena de quem não sabe o que é sentir a música.

Um amor que cante.
Desafinado ou com voz de barítono.
Ney Matogrosso ou Iron Maiden.
Até ciranda de roda vale.
Mas não abra mão que o seu amor cante.
Quem canta espanta seus males, quem canta transborda.
Cante com ele a bossa nova do supermercado e, se de repente rolar um som animado por lá, role até uma dancinha no corredor entre as maioneses e as batatas palhas.

Um amor que não tenha vergonha de te tirar pra dançar sem saber passos arrojados, porque entende que dois pra lá e dois pra cá tem o seu valor quando servem para sentir a música dançando com quem a gente ama. Que não tenha medo de ser feminino demais porque sabe que a música transcende gêneros, que não tenha vergonha de dançar de cueca em frente à geladeira quando aquele compasso pede.

Alguém que feche os olhos quando um acorde toca fundo na alma porque quer anular a visão para ouvir melhor.
Que deixe o pelo arrepiar quando o melhor momento da atuação de um ator encontra o ponto alto da trilha sonora.
Que transforme controle remoto, cabo de vassoura, garrafa d’água ou tudo o que encontrar pela frente num microfone.

Um amor que faça “shhhh” quando está tocando uma música bonita na trilha sonora da novela – que, tudo bem, vai, ele pode odiar, mas sabe valorizar a música que está tocando.
Alguém que não se importe em estar num baile funk, numa festa indie, num samba de escola ou numa apresentação da sinfônica desde que por lá tenha música.

Não importa se ele não sabe o compositor ou confunde Baden Powell com Vinícius de Morais.
O que importa é que quando ele escuta Samba da Bênção e ouve “a tristeza tem sempre uma esperança de um dia não ser tão triste, não”, ele sinta aquilo de verdade e sorria.

Procure um amor que sinta a música.
Porque quem vive como se fosse uma canção, pode até não te fazer feliz pra sempre, mas vai te fazer feliz de verdade.



Marina Melz

Dilma é um retrato na parede

Além de uma fotografia, o que restará, logo mais, do encontro no Palácio do Planalto da presidente Dilma Rousseff com os governadores de Estado?

Os governadores dependem da boa vontade do governo federal para governar com mais ou menos dinheiro.

Em momentos de aperto, como é o caso, o presidente precisa passar ao país a impressão de que politicamente ainda é forte.

Isso pode funcionar quando há espaço para a dúvida em relação à fortaleza ou à fraqueza do presidente. Não é o caso.

A popularidade da presidente compete, hoje, com a taxa de inflação. Na verdade, perde para a taxa.

Lembra da pesquisa que apontou a avaliação positiva de Dilma na casa dos 7,7%? Esqueça. Já diminuiu. A inflação aumentou. Para quase 10% ao ano.

Há governadores que não gostariam de ser vistos a essa altura na companhia de uma presidente tão rejeitada. Estão constrangidos.

Mas não se pode rejeitar um convite presidencial. Por mais que o presidente esteja abaixo do volume morto.

Os governadores voltarão aos seus Estados do mesmo jeito que chegaram a Brasília – de bolsos vazios.

Terão servido de figurantes para o brilho fugaz de uma presidente que mal se segura de pé.

É possível que ela não se perceba assim. Mas é assim que é.

NOBLAT

quarta-feira, julho 29, 2015

Boa Noite...

Deixando meu carinho...


Bom Dia...

Deixando meu carinho....

“SE APAIXONE POR UM GRANDE HOMEM…"


Nós homens nos caracterizamos por ser o sexo forte, embora muitas vezes caiamos por debilidade. Um dia, minha irmã chorava em sua casa…

Com muita saudade, observei que meu pai chegou perto dela e perguntou o motivo de sua tristeza. Escutei-os conversando por horas, mas houve uma frase tão especial que meu pai disse naquela tarde, que até o dia de hoje ainda me recordo a cada manhã e que me enche de força. Meu pai acariciou o rosto dela e disse:

“Minha filha, apaixone-se por Um Grande Homem e nunca mais voltará a chorar”.

Perguntei-me tantas vezes, qual era a fórmula exata para chegar a ser esse grande homem e não deixar-me vencer pelas coisas pequenas…
Com o passar dos anos, descobri que se tão somente todos nós homens lutássemos por ser grandes de espírito, grandes de alma e grandes de coração,
O mundo seria completamente diferente!

Aprendi que um Grande Homem não é aquele que compra tudo o que deseja, porque muitos de nós compramos com presentes a afeição e o respeito daqueles que nos cercam.

Meu pai lhe dizia:

“Não se apaixone por um homem que só fale de si mesmo, de seus problemas, sem preocupar-se com você… Enamore-se de um homem que se interesse por você, que conheça suas forças, suas ilusões, suas tristezas e que a ajude a superá-las.”

Não creia nas palavras de um homem quando seus atos dizem o oposto.
Afaste de sua vida um homem que não constrói com você um mundo melhor.
Ele jamais sairá do seu lado, pois você é a sua fonte de energia…
Foge de um homem enfermo espiritual e emocionalmente, é como um câncer matará tudo o que há em você (emocional, mental, física, social e economicamente)

“Não dê atenção a um homem que não seja capaz de expressar seus sentimentos, que não queira lhe dar amor.”

Não se agarre a um homem que não seja capaz de reconhecer sua beleza interior e exterior e suas qualidades morais.

Não deixe entrar em sua vida um homem a quem tenha que adivinhar o que quer, porque não é capaz de se expressar abertamente.

Não se enamore de um homem que ao conhecê-lo, sua vida tenha se transformado em um problema a resolver e não em algo para desfrutar”.

Não se apaixone por um homem que demonstre frieza, insensibilidade, falta de atenção com você, corra léguas dele.

Não creia em um homem que tenha carências afetivas de infância e que trata de preenchê-las com a infidelidade, culpando-a, quando o problema não está em você, e sim nele, porque não sabe o que quer da vida, nem quais são suas prioridades.

Por que querer um homem que a abandonará se você não for como ele pretendia, ou se já não é mais útil? Por que querer um homem que a trocará por um cabelo ou uma cor de pele diferente, ou por uns olhos claros, ou por um corpo mais esbelto?

Por que querer um homem que não saiba admirar a beleza que há em você, a verdadeira beleza… a do coração?

Quantas vezes me deixei levar pela superficialidade das coisas, deixando de lado aqueles que realmente me ofereciam sua sinceridade e integridade e dando mais importância a quem não valorizava meu esforço?

Custou-me muito compreender que GRANDE HOMEM não é aquele que chega no topo, nem o que tem mais dinheiro, casa, automóvel, nem quem vive rodeado de mulheres, nem muito menos o mais bonito.

Um grande homem é aquele ser humano transparente, que não se refugia atrás de cortinas de fumaça, é o que abre seu CORAÇÃO sem rejeitar a realidade, é quem admira uma mulher por seus alicerces morais e grandeza interior.

Um grande homem é o que cai e tem suficiente força para levantar-se e seguir lutando…

Hoje minha irmã está casada e feliz, e esse Grande Homem com quem se casou, não era nem o mais popular, nem o mais solicitado pelas mulheres, nem o mais rico ou o mais bonito. Esse Grande Homem é simplesmente aquele que nunca a fez chorar…

É QUEM NO LUGAR DE LÁGRIMAS LHE ROUBOU SORRISOS…

Sorrisos por tudo que viveram e conquistaram juntos, pelos triunfos alcançados, por suas lindas recordações e por aquelas tristes lembranças que souberam superar, por cada alegria que repartem e pelos 3 filhos que preenchem suas vidas.

Esse Grande Homem ama tanto a minha irmã que daria o que fosse por ela sem pedir nada em troca…

Esse Grande Homem a quer pelo que ela é, por seu coração e pelo que são quando estão juntos. Aprendamos a ser um desses Grandes Homens, para vivenciar os anos junto de uma Grande Mulher e NADA NEM NINGUÉM NOS PODERÁ VENCER!”

Escrito por: Arnaldo Jabor

terça-feira, julho 28, 2015


Boa noite Comentando...








Relacionamento...



Deus não nos ganha pelos argumentos.
Nossos intelectos são caprichosos.
Quando há uma fraqueza damos uma desculpa.
Quando há uma virtude tentamos ressaltá-la.
A gente acredita pelo apoio do dia-a-dia,
através de um relacionamento próximo.
Como intelectualizar o amor?
Avançamos não só por entender mas por experimentar.
Avanço, vitória e apoio. É isso que nos ganha.
Se não obedecemos é porque não acreditamos.
Deus é mais complexo do que simplesmente saber.
Saber, experimentar e desenvolver esse conhecimento.


(Ken O'Donnell)



Sol Hoffmann

O vento...


Os tristes acham que o vento geme 
Os alegres acham que ele canta!



[Viva Luz *Laura*] ‏





Boa Noite,

Quero convidar você, amigo do "COMENTANDO" para conhecer mais um blog  nosso...

"Um lugar pra chanar de Meu..."

Com toda certeza será mais um lugar que dividirei com  vocês...

Pra chegar até lá cliquem AQUI...

Acho que vão gostar...

Abraços....

maria tereza cichelli

Do nem sempre visível mundo das gentilezas


Gentileza existe!

Nós é que nem sempre observamos!

Divulgamos e relatamos histórias de intolerância e arquivamos, como se fosse um segredo, as delicadezas que recebemos.

Hoje, passei o dia inteiro registrando os gestos gentis que recebi!

De manhã, logo cedo, fui até uma gráfica e estacionei meu carro nas proximidades, em frente a uma Clínica de Fisioterapia.

O manobrista, no meu retorno, prontamente abriu as portas do meu carro e com um sorriso imenso, antes que eu entrasse disse: espere, deixe sair este ar quente!

E não parou de sorrir, até que eu saí...há algo mais estimulante do que receber um sorriso pela manhã?

Fui dirigindo em direção à beira mar e quando ia cruzar a Avenida Monsenhor Tabosa, um motociclista parou e disse para eu passar, mesmo a preferencial sendo dele.

Sim, existem motociclistas gentis.

Depois, fui devolver algo que uma amiga havia me emprestado num gesto de absoluta boa vontade, como é próprio dela.

Mais um belo registro para somar ao meu dia!

No percurso do trabalho, um telefonema de alguém muito especial.

E ouvi a frase: liguei apenas para dizer que estou com saudades! 

Há maior delicadeza do que saber que alguém, mesmo tão longe, te faz parte do pensar?

E acham que acabou?

Tive que contornar uma situação difícil.

Logo imaginei que a pessoa não seria compreensiva, tampouco tolerante e que me daria um sonoro não!

A reação foi absolutamente diferente.

Fui acolhida de uma maneira surpreendente e o episódio teve um desfecho satisfatório.

No começo da noite, fui a um shopping e um rapaz segurou a porta, para que eu passasse, mesmo estando eu a uma distância ainda bem considerável!

E certamente que me escaparam outras gentilezas que recebi neste dia!

Continuo achando que quem faz uma gentileza é o primeiro a ser beneficiado!


Fernanda Guimarães

E-malas


Uma hora sem entrar na internet e o seu smartphone indica pra lá 200 novas mensagens. Nada de animação. Você não é pessoa mais popular do planeta, nem uma it-blogger. Apenas é uma compradora potencial de milhares de produtos, cujos departamentos de venda se apossaram de seu cadastro. Caiu no inferno dos e-malas de vendas.

Antes, nesses reclames on-lines, aparecia como remetente a empresa vendedora. Você deletava, marcava “ignorar o remetente” e se livrava do problema. Como business é business, os criativos departamentos de marketing passaram a usar e-malas com nome próprio.

Pegadinha fácil. Os nomes, claro, batem com algum de seus amigos.

Assim, insistentemente, a Denise oferece: “aumente seu pênis e sua libido. Método seguro e comprovado”. Vou perder essa. Não tenho pênis. Ainda.

Em compensação, pelo internacional H?lo?, sou avisada que posso comprar Viagra a $ 0,70, Cialis a $1,11, Viagra Professional a $2,06, Cialis Professional a $2,10, Viagra (Brand) a $5,46 e Cialis (Brand) a $ 5,56. Uma pechincha! Paymente: VISA, MasterCard.

Só não bomba a libido quem estiver completamente negativado. O que é difícil hoje em dia, quando miles de e-malas diários garantem: “mesmo que você não tenha mais margem consignável, ou mesmo que tenha restrições junto ao SPC ou Serasa, terá direito ao crédito consignado da... Caixa, da Crefisa, do BB, BRB, Baú do Céu, etc.

Essa maravilha toda, “sem cobranças de taxas adicionais e a partir de 9,95 ao mês”. Ou seja, ainda que zerada, lascada, o sistema – guloso pela própria natureza - ainda tem (e oferece!) um canudinho para lhe sugar o derradeiro caldinho. Caridade pura.

Lauro.com é generoso. Pensa no meu lazer e propõe um “imperdível réveillon no Iran”. Com todo respeito ao belo, histórico e sofrido país, no momento atual, melhor do que essa virada de ano por lá, só um safári no Quênia, com o pastor Feliciano de guia e o Boko Haram na segurança.

Sem cerimônia, a oferta de Marcelo.m é para “um jeitinho”. Pode livrar-me de toda e qualquer multa de trânsito. Como? Melhor não saber. (Mal feito mínimo se comparado ao prontuário da Lava Jato, vá?).

Na mesma linha, Diogo.ignácio garante “redução de todas as prestações que estão me tirando o sono”. (Quem mandou ficar comprando Cialis Professional e Viagra Brand? Negativou).

Semana passada, Isabel.org furou a rede com evolução. “Trago seu amado de volta, afasto a inveja e ponho seu amor aos seus pés, para sempre”.É feitiço on-line do modelo antigo, como os anunciados em papel barato, colado em postes de iluminação.

Mas como é que será a bruxaria por meio eletrônico? A galinha pintadinha substitui a tradicional colega preta? Encruzilhada, velas e farofas serão virtuais? Holográficas?

O pagamento será com cartão de crédito ou boleto bancário? Parcelado, com ou sem juros? A entrega é rápida? Com frete incluso e garantia estendida? Isabel será a própria madame feiticeira ou apenas a assessora de imprensa, a marqueteira ou a TI da mandinga on-line?

Não pude saber. Lamentável, porque até que teria uns ex ai pra tentar trazer de volta. Nenhum deles, no entanto, mereceria o trampo do preenchimento de cadastro on-line. E esse era o único meio de obter mais informações sobre o canjerê virtual.

Tirada ali, ganhando aqui. Boa dezena de e-malas informa: a geladeira que pesquisei dois anos atrás está em oferta e com frete grátis. Ó que moleza! Vale o mesmo para a TVzona, o sapatinho, o xampuzinho, o creminho, o carrão. Enfim, tudo que um dia eu sondei na rede, a cada minuto, volta insistente para minha vida on-line.

Caiu na rede é presa. Cada consuminho consumado retornará em um sem fim de e-malas, que só têm concorrência em malice nas indigitadas correntes – que, se quebradas, matam, ferem ou devoram - e nos milhares de convites para jogar Candy Crush.

É o lado B da vida on-line. Taxa adicional, nunca negativada, do conforto de comprar da poltrona. Com ou sem frete.

Tânia Fusco

segunda-feira, julho 27, 2015


Boa noite Comentando...







Senhor...



"Ajuda-me a dizer a verdade diante dos fortes
e a não dizer mentiras para ganhar o aplauso dos fracos.
Se me dás fortuna, não me tires a razão.
Se me dás o sucesso, não me tires a humildade.
Se me dás humildade, não me tires a dignidade.
Ajuda-me a enxergar o outro lado da moeda.
Não me deixes acusar o outro por traição aos demais, apenas por não pensar igual a mim.
Ensina-me a amar aos outros como a mim mesmo.
Não deixes que me torne orgulhoso se triunfo, nem cair em desespero se fracasso.
Mas recorda-me que o fracasso é a experiência que precede ao triunfo.
Ensina-me que perdoar é um sinal de grandeza e que a vingança é um sinal de baixeza.
Se não me deres o êxito, da-me forças para aprender com o fracasso.
Se eu ofender às pessoas, dá-me a coragem para desculpar-me,
e se as pessoas me ofenderem, dá-me a grandeza de perdoá-las.
Senhor , se eu me esquecer de ti , nunca te esqueças de mim."


(Mahatma Gandhi)

Sol Hoffmann
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...