terça-feira, setembro 02, 2014

A concentração necessária na Era da Tecnologia

A tecnologia é muito importante para as nossas vidas.
Ela nos proporcionou um aumento incrível na quantidade de informações que podemos compartilhar e isto em um tempo muito reduzido.
As distâncias hoje em dia estão separadas por apenas um clique.
Um passar de dedos em uma tela é capaz de nos levar onde nunca havíamos imaginado há alguns anos atrás.


Porém, o excesso da tecnologia em nossas vidas afeta a nossa saúde e, principalmente, como o nosso cérebro funciona.
Um estudante pode sofrer muito com isto.
Mas o que ele vai fazer se a internet é uma importante ferramenta para poder ir além nos estudos?
O negócio mais certeiro a se fazer é saber utilizar a tecnologia a nosso favor e não virar um escravo dela. Vivemos conectados.
Não podemos negar.
Com um celular é capaz de ficarmos 24 horas ligados em rede e assim estar aberto a receber mensagens que nos distraem durante o dia (quando também durante a noite e até mesmo dormindo).


Pesquisas recentes demonstraram que a utilização indiscriminada de aparelhos como smartphones, notebooks e tablets aumentam de forma proporcional e exponencial os sentimentos de ansiedade.
Ou seja, quanto mais você fica utilizando seus aparelhos para conferir atualizações nas redes sociais, mandar uma mensagem ou ver um vídeo, mais nervoso ficará.
E o pior é que existem as crises de abstinência, porém, isto não pode ser considerado um vício, porque olhar para o celular não traz nenhuma recompensa química para o cérebro como observamos em pessoas consumidoras de drogas ou outros vícios como em alimentos, por exemplo.
A tecnologia na verdade trabalha com os sentimentos de culpa da pessoa.
Ela acha que conferir aquelas informações que recebe são muito importantes e acabam dando outros valores para as coisas.
Em outro estudo, ficou evidenciado que o aumento no uso destas tecnologias diminuiu muito o poder de concentração entre as pessoas.
Além disso, foi confirmado que pessoas que não usam estes equipamentos tinham mais capacidade de aprender coisas novas e também eram mais relaxadas em relação a preocupações diárias que levam ao estresse.


Se você sofre desta dependência tecnológica e não consegue tirar o olho da tela do seu celular ou computador, atrapalhando o seu rendimento nos estudos, se liga nestas duas boas práticas para amenizar a ansiedade.
Durante o jantar ou reunião com a família ou amigos, combine previamente que as pessoas não podem ver ou responder qualquer mensagem.
Estipule intervalos para que as pessoas vejam seus horários.
Comece com intervalos curtos, de 15 minutos, por exemplo, e vá aumentando para que as relações fora do mundo virtual se fortaleçam.
Você vai perceber como, com o tempo, você vai se acostumar a ficar longe do celular.


Outra dica valiosa é não ir pra cama com algum aparelho conectado a internet.
Uma hora antes de dormir, desligue ou deixe em um lugar bem longe que você não possa mexê-lo.
Opte por fazer uma atividade que não envolva estes aparelhos.
Leia um livro.
Os problemas de usar os aparelhos eletrônicos antes de dormir são, primeiro, que eles tiram o sono por causa do estímulo provocado por eles.
Segundo, este estímulo e ansiedade é levada para o momento que vamos dormir.
As noites são ruins e não cumprem o papel de renovar as energias da pessoa.
Use a tecnologia com inteligência.
Ela é muito importante, mas não pode tornar você um escravo dela!

Biologia Total

Se a paz não começar em mim...


Se a paz não começar em mim, não começará.
Se eu levantar a bandeira da paz em desafio, não será paz.
É preciso erguer as bandeiras brancas com o coração de harmonia, respeito, compaixão.
Se nosso estado é de rancor, de vingança, de demonstrar nossa força, não terá a força de transformar violência em paz ativa.
Vamos caminhar silenciosos e amorosos.
Vamos nos encontrar e nos cumprimentar na certeza de que todos compartilhamos da mesma casa comum. É uma casa tão grande, de vidas tão diferentes.
É como é.
Este ser é inter ser e é transformação. Nada fixo.
Podemos direcionar o caminho da mudança.
Vamos nos respeitar nas nossas diferenças.
Sem exigir que nos tornemos iguais, que pensemos da mesma forma, que tenhamos a mesma religião e a mesma cultura.
Unidos estamos pelo ar, pelo céu, pela terra, pela vida e pela morte, pelo sonho, a utopia que se realiza quando corações e mentes se unem no Caminho da Verdade.
Vamos nos respeitar nas diferenças de cor de pele, de culturas, de gêneros, de alegrias, de tristezas, de curas e de doenças.
Caminhemos juntos, pois é inevitável.
Juntos estamos.
Interdependência de instantes que jamais se repetem. Jamais.
Façamos deste o momento sagrado.
Deste local o solo, o céu, o ar, as águas e a vida abençoada.
Basta mudarmos só um pouquinho.
Da ganância, da raiva e da ignorância criamos o compartilhar, o compreender, o saber superior iluminado da verdade.
Se tudo que começa termina, como terminará a época das guerras, das injustiças, das fomes, das doenças, das tristezas, das discriminações, dos excluídos, afastados, nefasta destruição da natureza?
Terminará com uma mudança de consciência do ser humano, com o desenvolvimento das capacidades de sentir o outro como o eu, o eu como o outro.
Terminará quando retornarmos ao verdadeiro e resgatarmos a percepção de que somos um só corpo vivo e que da nossa cooperação amistosa, justa, todos poderão viver plena e dignamente.
Quantas mais pessoas descobrirem, e colocarem em prática, soluções de não violência ativa para conflitos, mais nos acercaremos da justiça social, do compartilhar da vida, da cura da Terra, da inclusão social, da preservação da natureza, do respeito à nossa casa comum, na celebração da vida.
Pouco a pouco, dando tempo ao tempo, vamos nos reunindo, na grande tenda global.
Não da globalização licenciosa, que se aproveita para ludibriar, excluir e explorar. Não.
A força global que nos une, a energia que perpassa tudo que existe, permeia o globo terrestre e universalmente a existência.
Das forças a mais forte de todas. Energia vital. Amor universal. Compaixão.
Compartilhar a dor e o amor.
Apaixonados pelo bem das multidões de formas de vida e criações.
Apaixonados pela ação interativa de unir e não de separar.
Não queimem bandeiras. Não joguem pedras. Não gritem insultos.
Não condenem pessoas, mas situações.
Podemos juntos transformar a maneira de ser dos habitantes da Terra.
Com isso modificaremos o habitat.
Faremos daqui o local, não da espera, mas do chegar.
Onde se fica bem. Onde a vida cuida com cuidado uns dos outros.
A bênção da esperança.
Tudo será diferente,
Pois tudo que queremos aqui mesmo se alcança.
Oremos e meditemos, junto a muito trabalho,
Construindo e aprendendo uma nova maneira de ser.
Um outro mundo possível onde a cultura é da paz.
Aprendendo a cada instante a ser mais livre e melhor.
Volte seu olhar para dentro. Examine com cuidado.
Há quem diga que as religiões criam guerras. Se forem verdadeiras não as criarão.
Ao contrário, criarão soluções de não violência e respeito, de amor ao que é de direito.
Vamos nos unir criando com nossas vidas uma rede de bem. Que cubra toda a terra.
Vamos criar essa teia de percepção verdadeira.
Relembrar. Relembrar o verdadeiro.
Estamos todos ligados. Interconectados.

(Monja Coen)

Hoje na História...


Maria Leopoldina assina o decreto da Independência do Brasil

O Brasil viveu um momento histórico em um dia como hoje, no ano de 1822. Nesta data, Maria Leopoldina, então princesa regente do Brasil por conta de uma ausência de Dom Pedro, assinou o decreto da Independência, declarando o Brasil separado de Portugal. Ela usou seus atributos de chefe interina do governo para fazer uma reunião com o Conselho de Estado, ocasião em que o documento foi assinado.

Os brasileiros já estavam esperando que D. Pedro retornasse a Portugal, o que rebaixaria o país ao status de simples colônia, em vez de um reino unido ao de Portugal. Havia temores de que uma guerra civil separasse a Província de São Paulo do resto do Brasil.

Neste cenário conturbado, D. Pedro entregou o poder a D. Leopoldina, no dia 13 de agosto de 1822, nomeando-a chefe do Conselho de Estado e Princesa Regente Interina do Brasil. D. Pedro partiu para tentar acabar com um conflito em São Paulo. Por conta das notícias vindas de Portugal, Dona Leopoldina não teve tempo de esperar pelo marido e precisou tomar uma decisão, na qual foi aconselhada por José Bonifácio de Andrada e Silva.

Após a assinatura do decreto, ela enviou uma carta a D. Pedro para que ele proclamasse a Independência do Brasil. O papel chegou a ele no dia 7 de setembro de 1822, quando D. Pedro proclamou o Brasil livre de Portugal, às margens do Rio Ipiranga, em São Paulo.

Enquanto aguardava pelo retorno de D. Pedro, Leopoldina, governante interina de um Brasil já independente, idealizou a bandeira do país. Ela foi coroada imperatriz em 1 de dezembro de 1822, na cerimônia de coroação e sagração de D. Pedro I.

History

segunda-feira, setembro 01, 2014

Boa Noite...


Deixando meu carinho....

Hoje na História...


É publicado o romance O Velho e o Mar, de Ernest Hemingway 

No dia 1 de setembro de 1952 era publicado o romance “O velho e o Mar”, do escritor norte-americano Ernest Hemingway.

O livro, escrito no ano anterior, em Cuba, foi o seu último trabalho de ficção em vida e possivelmente sua obra mais famosa.

A história é sobre um velho pescador cubano Gregorio Fuentes e sua luta contra um peixe enorme.

Apesar de o livro ter sido alvo de críticas, é considerado um dos trabalhos de ficção mais destacados do século XX, reafirmando o valor literário da obra de Hemingway. Em 1953, Hemingway recebeu o Prêmio Pulitzer e o Nobel de Literatura no ano seguinte por sua obra completa.



History

Quem não acrescenta...


Quem não acrescenta, você tira, exclui, ignora. 

Pra quê perder tempo com quem só é na verdade é uma perda de tempo? 

Não é maldade, nem orgulho. 

É sinceridade. 

Prefiro mil vezes a verdade, por mais dolorosa que seja, do que a mentira adoçada. 

Se você pensa que todos são iguais a você, sinto muito em lhe dizer, mas você está cometendo um erro gravíssimo. 

Enquanto você tem paciência, tolera, deixa passar, a outra pessoa só está aguardando você virar as costas para te apunhalar e pode ser que ela até ria de sua ingenuidade. 

Continue bonzinho demais e você vai ganhar uma plateia, só faltará pintar o nariz de vermelho. 

(Jennifer Javorski Cabral)



Roseli Blitzkow de Souza

"O JARDIM E O QUINTAL"


"Não basta ser fiel, tem que ser leal para dar certo.

[...]

A lealdade é tão importante quanto à fidelidade.
A lealdade é o pensamento da fidelidade.
A fidelidade é a ação da lealdade.
A lealdade é a amizade do amor.
A fidelidade é o respeito do amor.
Há casais que são fieis entre si, mas não são leais, e se distanciam um do outro.
Há casais que nunca se traem, mas tampouco se apresentam: vivem pulando a cerca nos gestos.
Podem, aparentemente, conviver em harmonia, só que não expressam o que sentem, não descrevem suas frustrações, conservam uma fachada até a relação estourar.
Cuidam do jardim da residência, descuidam do quintal.
Não cooperam com o entendimento, não são didáticos, colocam a sujeira debaixo da cama, deixam os atritos passar sem mediação.
Parece que estão alinhados, porém apenas não estão conversando.
Não respondem onde andam com a cabeça, o que querem de verdade.
Na separação, descobrirão que não se conhecem, pois jamais descreveram suas emoções mais básicas, sequer revelaram o ciúme e o descontentamento no momento da eclosão.
Lealdade é esclarecer as dificuldades e as rusgas.
É uma exposição gradual das diferenças que geram as semelhanças.
Fidelidade é uma vontade do casal diante dos demais, lealdade é mostrar a vontade de cada um no decorrer do tempo.
Fidelidade é cumplicidade, lealdade é intimidade.
Fidelidade é um posicionamento público, lealdade é a vida privada.
Fidelidade é projeção, lealdade reflete aquilo que você é para si.
Se contraria seu sonho com o casamento ou o namoro, está sendo desleal, mesmo que seja fiel.
Fidelidade é um passo externo, lealdade é um passo interno.

[..]

Lealdade é expor o que se está pensando, o que se procura, não omitir suas intenções, manter sua companhia atualizada de seus problemas e de suas soluções.
Fidelidade é proteger o relacionamento, lealdade é não esconder o que está acontecendo dentro do relacionamento.
Sem lealdade, o amor cansa, o amor estanca, o amor não cresce.
A deslealdade separa mais do que a infidelidade.
A deslealdade é se trair por dentro."

(Fabrício Carpinejar)

ORAÇÃO PARA ILUMINAR O MÊS DE SETEMBRO


Muito obrigado(a), Deus, por este mês em que a vida se renova com a chegada da primavera. 

Dá-nos a sabedoria de deixar-nos tocar pela graça da novidade da natureza que se abre em flor. 

Que saibamos aceitar o convite de crescer e que, por meio da oferta do que há de melhor em nós, entendamos em que consiste a corresponsabilidade de nossas decisões no cuidado da vida. 

Que percebamos que somos, no tempo de nossa existência, co-criadores do mundo que nos dás. 

Faz circular entre nós o respeito por cada ser existente, com direito de crescer e conviver na harmonia de sua gratuidade. 

Que a pluralidade não nos amedronte, mas que nos incentive a admirar e a contemplar a beleza de tudo o que existe para nossa felicidade. 

B. Bucker

domingo, agosto 31, 2014

No clima do rock, Giba arrasa ao som de 'Don’t Be Cruel'


Giba subiu ao palco do programa neste domingo, 31, cheio de confiança para se apresentar no ritmo do rock. Animadíssimo, o ex-atleta e a professora Camila Lobo arrasaram na coreografia ao som de "Don’t Be Cruel", sucesso na voz de Elvis Presley.

Faustão brincou dizendo que Giba seria o rei do rock e o ex-jogador entrou na onda do apresentador: “Ao lado da Camila fica mais fácil ainda”. 


Giba, que se dedicou muito aos ensaios e não deu lugar à preguiça, se divertiu e arrancou aplausos da plateia com uma apresentação cheia de pegadas e passos sincronizados.

No final da apresentação, aplausos de pé da plateia e dos colegas de competição.

Assista o vídeo AQUI

Dança dos Famosos


Boa noite Comentando...









Meu nome é felicidade



Faço parte da vida daqueles que tem amigos,
pois ter amigos é ser Feliz.

Faço parte da vida daqueles que vivem
cercados por pessoas como você,
pois viver assim é ser Feliz!

Faço parte da vida daqueles que acreditam
que ontem é passado, amanhã é futuro
e hoje é uma dádiva,
por isso chamado presente.

Faço parte da vida daqueles
que acreditam na força do Amor,
que acreditam que para uma história
bonita não há ponto final.

Eu sou casada, sabiam?
Sou casada com o Tempo.
Ah... O tempo é lindo!
Ele resolve todos os problemas.
Ele reconstrói corações, ele cura machucados,
ele vence a Tristeza...

Juntos, eu e o Tempo tivemos três filhos:
A Amizade, a Sabedoria e o Amor.

A Amizade é a filha mais velha.
Uma menina linda, sincera, alegre.
A Amizade brilha como o sol...
A Amizade une pessoas,
pretende nunca ferir, sempre consolar.

A do meio é a Sabedoria...culta, íntegra,
sempre foi mais apegada ao Pai, o Tempo.
A Sabedoria e o Tempo andam sempre juntos!

O caçula é o Amor.
Ah! como esse me dá trabalho!
É teimoso, às vezes só quer morar em um lugar...
Eu vivo dizendo:
Amor, você foi feito para morar em dois corações,
não em apenas um...
O Amor é complexo, mas é lindo, muito lindo!
Quando ele começa a fazer estragos
eu chamo logo o pai dele, o Tempo...
e aí o Tempo sai fechando todas as feridas que o Amor abriu!

Uma pessoa muito importante me ensinou uma coisa...
Tudo no final sempre dá certo,
se ainda não deu, é porque não chegou o final.

Por isso, acredite sempre na minha família!
Acredite no Tempo, na Amizade,
na Sabedoria e principalmente no Amor...

Aí, com certeza um dia, eu, a Felicidade,
baterei à sua porta !

Tenha Tempo para os Sonhos...
Eles conduzem sua carruagem para as Estrelas

(desc. autor)



Sol Hoffmann

Boa Tarde...


Deixando meu carinho....

Bom Dia!!!


De manhã, quando abris a vossa janela ou a vossa porta, pensai em saudar todas as criaturas dos mundos visíveis e invisíveis.

Criais assim uma ligação com elas e, graças a esse simples gesto de saudação, sentir-vos-eis durante todo o dia na poesia, na luz.

Vós enviais o vosso amor e, de todas as regiões do espaço, o amor volta a vós.

Há tantas coisas a fazer para tornar a vida bela e poética!

Mas é necessário que não vos deixeis apanhar pelas preocupações, pelas questões materiais, e que guardeis um pouco de tempo e de energias para todas as atividades que dão um sentido à existência.

Os humanos ainda não compreenderam grande coisa: falam de amor, querem ser amados, mas continuam fechados, apagados, prosaicos.

Eles que aprendam a viver essa vida poética!

Se o fizerem, serão amados.

Omraam Mikhaël Aïvanhov

Hoje na História...


Rio de Janeiro se torna a capital do vice-reino do Brasil 

No dia 31 de agosto de 1763, a cidade do Rio de Janeiro tornou-se a capital do Brasil, tirando o posto que antes pertencia a Salvador.

O Rio se manteve como capital até 1960, quando a sede do governo foi transferida para Brasília.

Por conta da vinda da coroa portuguesa para o Brasil, em 1808, foram criadas diversas instituições na cidade como a Academia Militar, a Escola Real de Ciências, Artes e Ofícios e a Academia Imperial de Belas Artes, além da Biblioteca Nacional e o Jardim Botânico.

O Rio foi a única cidade no mundo a sediar um império europeu fora da Europa.

Para separar a província da capital do Império, a cidade foi convertida, no ano de 1834, em município neutro, e a província do Rio de Janeiro passou a ter a cidade de Niterói como capital.

Contudo, com o declínio da República Velha e a consequente decadência da força da economia cafeeira, o estado perdeu força política para São Paulo e Minas Gerais.

History

'As pessoas sofrem de fome de amor'


O psicanalista Joel Birman tem detectado em seu consultório uma “dependência emocional” generalizada.

“As pessoas procuram reconhecimento no outro porque sofrem de fome de amor”, diz ele, que dá palestra no círculo “Materialistas anônimos”, dia 18, no Midrash Centro Cultural. Birman falou à coluna.

Estamos mais dependentes emocionalmente? 

Sim. Esta dependência se manifesta na preocupação constante do indivíduo com que os outros pensam dele e de suas performances. 

Ele quer saber se agrada, se é amado. 

A preocupação do sujeito de quantas curtidas recebeu no Facebook ilustra bem isso. 

As pessoas mais vulneráveis precisam desse reconhecimento mais que as outras, pois sofrem de fome de amor. 

Como isso afeta a sociedade? 

As pessoas são muito sensíveis em relação a como os outros a acolhem — de forma risonha ou carrancuda, com muitas ou poucas palavras, se são abraçadas ou beijadas. 

Nesse contexto, cria-se um mal-estar nos laços sociais, pois o não reconhecimento do outro é fonte de desconfiança, perseguição e até mesmo de agressividade. 

Como prevenir essa dependência? 

Se o que está em jogo na dependência excessiva do sujeito é uma baixa sensação de autoestima, é crucial que na infância e na adolescência os indivíduos tenham a certeza de que são amados pelos pais pelo que são. 

Isso sem ter que fazer malabarismos para que sejam consideradas pessoas interessantes. 

O GLOBO

sábado, agosto 30, 2014


Boa noite Comentando...







Descontruções


Quando conhecemos uma pessoa, construímos uma imagem.
A imagem tem a ver com as nossas
expectativas e mais ainda com o que
ela "vende" de si mesma.


É pelo resultado disso
tudo que nos apaixonamos.
Se a pessoa for parecida com a imagem que
projetou em nós, desfazer-se dela,
mais tarde, não será tão penoso.


Restará a saudade, talvez uma pequena mágoa, mas nada que resista por muito tempo.
No final, sobreviverão as boas lembranças.
Mas se esta pessoa "inventou"
um personagem e você acreditou,
virá um processo mais lento:
a de desconstrução daquilo que
você achou que era real.


Desconstruindo Ana, desconstruindo Marcos,
desconstruindo Carla.
Milhares de pessoas vivem seus dias
aparentemente numa boa, mas por dentro
estão "desconstruindo ilusões".
Tudo porque se apaixonaram por uma fraude,
não por alguém autêntico.


Ok, é natural que, numa aproximação,
a gente "venda" mais nossas qualidades
que defeitos. Ninguém vai iniciar uma história
dizendo: muito prazer, eu sou arrogante,
preguiçoso e cleptomaníaco.
Nada disso, é a hora de fazer charme.
Uma vez o romance engatado,
aí as defesas são postas de lado e a gente
mostra quem realmente é, nossas gracinhas,
manias e imperfeições.
Isso se formos honestos.


Os desonestos são aqueles que fabricam
idéias e atitudes, até que um dia cansam
da brincadeira, deixam cair a máscara
e o outro fica ali,
sem entender absolutamente nada.
Quem se apaixonou por uma mentira,
tem que desconstruí-la para
"desapaixonar".

É um sufoco. Exige que você reconheça
que foi seduzido por uma fantasia,
que você é capaz de se deixar confundir,
que o seu desejo é mais
forte do que sua astúcia.
Significa encarar que alguém por quem você
dedicou um sentimento bacana não chegou a
existir, que tudo não passou de
uma representação.

Talvez até não tenha sido por mal,
pode ser que esta pessoa nem conheça
a si mesma, por isso ela se inventa.
Sorte quando a gente sabe com quem está
lidando: mesmo que venha a desamá-lo
um dia, tudo o que foi construído
se manterá de pé.

Afinal, todos, resistimos muito a aceitar que
alguém que gostamos não é, e nem nunca foi,
ESPECIAL.

(Martha Medeiros)


Sol Hoffmann

Hora do Recreio

Telefone, com Os Cariocas 



NOBLAT

Hoje na História...


Clássico dos Beatles, música "Hey Jude" é lançada no Reino Unido 

 Em um dia como este, um dos clássicos dos Beatles, "Hey Jude", era lançado no Reino Unido, no ano de 1968.

A canção havia sido lançada pouco tempo antes nos Estados Unidos, no dia 26. Hey Jude" foi composta por Paul McCartney, mas creditada à dupla Lennon-McCartney, e lançada no Lado A do single Hey Jude/Revolution de 1968.

Apesar da longa duração da canção, foi o single mais vendido dos Beatles.

A canção foi escrita em junho de 1968, quando Paul McCartney foi visitar Cynthia Lennon e seu filho Julian.

Após o interesse de John em Yoko Ono e o pedido de divorcio de Cynthia, Paul como amigo do ex-casal, foi dar apoio a ela e ao filho de Lennon.

Como resultado, ele escreveu a música para Julian.



HISTORY

Força da natureza: Plantas que resistiram à intervenção humana


A ideia de que a humanidade domina a natureza não é inteiramente verdade.

Claro, nós mudamos o mundo de forma irreversível, mas a natureza estava aqui antes de nós e continuará depois que formos embora.

Para construir suas cidades, os seres humanos derrubaram muitas árvores e plantas.

Mas algumas delas ainda resistem às intervenções e crescem nos mais inesperados lugares.

Confira esta seleção surpreendente!








Fonte: Bored Panda

12 atitudes simples para tornar sua vida extraordinária


Alguma vez você já reparou como algumas pessoas parecem evoluir na vida de maneira fácil e simples?

Normalmente essas pessoas são incríveis empresários, artistas, líderes, entre outras coisas. O que é mais interessante é que muitas vezes não são os mais talentosos no que fazem, nem trabalham tão duro assim. No entanto, de alguma forma, conseguem muito mais do que o resto de nós.

Khalil Gibran disse: “Sua vida é determinada não tanto pelo que a vida traz para você como pela atitude que você traz para a vida; não tanto pelo que acontece com você, mas pela forma como sua mente vê o que acontece.”

A chave para o sucesso não é complexa. Pelo contrário, é o efeito cumulativo de simples hábitos diários que trazem sucesso. Se você está pronto para viver de maneira verdadeiramente extraordinária, você deve seguir o exemplo de pessoas extraordinárias e ter atitudes simples que perpetuam o sucesso e ajudam a tornar a sua vida extraordinária.

1. Seja mais confiante

Acabe com a timidez. Você é uma pessoa extraordinária e deve saber disso. As pessoas confiantes têm vantagem. Entenda suas competências e o valor que você tem. Fique à vontade como você é, com pleno conhecimento de seus pontos fortes e fracos. Transmita compreensão sem ser arrogante. Além disso, cuide de sua aparência e se goste mais.

2. Diga a verdade

A verdade pode ser assustadora e difícil. Mas, quando você disser a verdade você não só se diferenciará da maioria, mas também não terá que se preocupar com contradições interiores. Você não vai precisar se lembrar o que disse para quem. Você será reconhecida como uma pessoa honesta e será um exemplo para os outros. Torne-se mais verdadeiro com você. Comece a dizer a verdade hoje e não pare nunca mais! Diga a verdade para si mesmo e para os outros. Diga a verdade, quando for fácil e quando não for.

3. Pratique a atenção plena

Preste atenção e fique consciente do mundo à sua volta. Diminua o ritmo e olhe ao redor. Concentre-se em suas responsabilidades e foque em seus objetivos. Dessa maneira poderá curtir experiências da vida com calma, sobriedade e esperança, mesmo em momentos dolorosos.

4. Permita a mudança

A mudança é inevitável. Desde o dia em que você nasceu até o dia que você morrer, você vai mudar. As pessoas se casam, trocam de emprego, mudam de cidade e alteram muitas outras coisas. Se permita sentir todas as emoções que vêm junto com a mudança. Contorne quaisquer sinais de resistência que ameaçam impedir o seu progresso.

5. Sorria mais

Este é provavelmente o item mais simples e fácil de adicionar em sua vida agora. Pessoas verdadeiramente extraordinárias parecem tão felizes porque escolheram estar felizes. Elas são otimistas. Elas se concentram no lado brilhante da vida em vez de se afundarem nos pontos negativos. Ria e sorria mais. O riso não só faz você parecer mais jovem e mais atraente, mas também tem inúmeros benefícios à saúde, como a redução dos níveis de estresse. Além disso, o sorriso é contagioso. Ele contamina os outros e torna suas vidas mais brilhantes também.

6. Perdoe e siga em frente

Todos nós fomos magoados ou ofendidos em algum momento e isso voltará a acontecer no futuro. Aprenda a perdoar, caso contrário, o peso da falta de perdão vai te deixar mal. O perdão não significa esquecer o que aconteceu. Também não significa que a outra pessoa vai mudar seu comportamento. Pelo contrário, significa deixar de ter raiva e não permitir que o ressentimento domine sua vida. Perdoe-se e perdoe os outros. Recomece numa folha em branco e desfrute de uma vida verdadeiramente feliz e extraordinária.

7. Você deve amar o que faz.

“Faça o que você ama; ame o que você faz. “Esse foi o mantra de trabalho não oficial de Steve Jobs. Ele pregou e defendeu o amor ao trabalho em busca do seu sucesso. Se você não consegue encontrar o que ama fazer, ao menos tente amar o que você faz. Concentre-se nas pequenas coisas boas sobre o seu trabalho como os seus colegas de trabalho e fazer o seu melhor o tempo todo. Você só pode deixar uma marca notável neste mundo.

8. Procure ajuda e orientação

Ninguém sabe tudo. Quanto antes você aprender isso, melhor. Você vai precisar de ajuda, conselhos, apoio e orientação ao longo do caminho. Pessoas que levam vidas extraordinárias compreendem isso e não têm medo de procurar ajuda. Eles estão interessados ​​em aprender coisas novas e sabem que procurar ajuda não é um sinal de fraqueza, mas um sinal de respeito por habilidades e conhecimentos de outras pessoas. Peça ajuda, conselhos ou outras informações respeitosamente sempre que você precisar. Certifique-se de expressar sua gratidão depois. Você ficará melhor e mais forte.

9. Durma o suficiente

Você não precisa trabalhar excessivamente para levar uma vida feliz e bem sucedida. Em vez disso, você pode apenas ser mais esperto. Isso inclui dormir o bastante para dar ao seu corpo e mente tempo suficiente para descansar e se recuperar para que ambos possam funcionar de forma otimizada. Durma todas as noites de sete a oito horas, pelo menos. Você vai acordar revigorado, energizado e pronto para o dia seguinte. Sem dormir o suficiente, você mata a sua produtividade e suas chances de sucesso.

10. Mostre sua bondade

Um simples ato de bondade é uma força poderosa que pode alterar drasticamente a percepção e experiência na vida de alguém. Mostre bondade sem esperar nada em troca. Quando as pessoas percebem sua bondade, você tem a oportunidade de fazer uma diferença positiva neste mundo cheio de intolerância, impaciência e agressividade.

11. Elogie

Elogie os outros, mesmo aqueles que você só interage de vez em quando. Expresse o seu apreço sincero pelo que eles fazem. Este hábito simples tem um efeito cascata que abre as portas para que você receba um elogio semelhante, o que ajuda a saber o que você está fazendo certo e o que você pode melhorar.

12. Divirta-se

Apenas divirta-se. Se você se divertir e fazer o bem, em seguida, o sucesso virá. Nós somos apenas humanos. Você precisa sair, se divertir e se emocionar para queimar algumas calorias e agitar sua criatividade.

Fonte: Lifehack

Datafolha mostra Dilma e Marina empatadas com 34%; Aécio tem 15%


Pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada nesta sexta-feira (29), indica uma situação de empate entre a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e a ex-senadora Marina Silva, candidata do PSB.

Cada uma aparece com 34% das intenções de voto.

A seguir, vem o senador Aécio Neves (PSDB), com 15%.

Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada no último dia 18, Dilma tinha 36%, Marina, 21% e Aécio, 20%.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a ex-senadora alcançou 50% contra 40% da presidente.

Na pesquisa anterior, Marina tinha 47% e Dilma, 43%.

G1

sexta-feira, agosto 29, 2014


Boa noite Comentando...







Saboreie a vida


Seja no mundo, alguém a ser admirado.
Procure seus dons e desenvolva-os.
Cuidadosamente, lapide a sua alma
e entregue a nas mãos de Deus.
Conforte seu coração, repetindo frase de otimismo...
Verás que a sua vida ficará mais leve.
Deixe as coisas um pouco de lado e converse com Deus.
Ele espera que você faça isso
mesmo sabendo de todas as suas aflições
Ele quer que você as conte...
Não leve tudo muito a sério,
pare um pouco e ria dos seus atos, ria dos seus problemas.
Esse ato de insanidade as vezes faz muito bem!
Quando tiver que decidir algo importante,
a primeira atitude a tomar
é esquecer da decisão até que
realmente chegue a hora de agir.
Uma decisão quando é muito pensada,
torna as pessoas anciosas demais
correndo o risco de não fazerem a escolha certa.
Viva a sua vida a partir de hoje de maneira diferente.
Tente mudar um pouco a cada dia.
Invente novos sorrisos,
resgate a sua alegria da infancia,
quando tudo era como um sonho...
Saboreie cada segundo com mais ternura.
Preste atenção em você;
O que tem feito para se tornar uma pessoa melhor?
Deus nos quer feliz
e a felicidade é fácil
quando conseguimos nos desligar de tudo o que é triste
e levarmos a sério só o nosso relacionamento com Deus!

(Vilma Galvão)



Sol Hoffmann

Urso é fotografado na 'maior preguiça' em parque nos EUA


Um urso foi fotografado na maior preguiça no parque nacional Great Smoky Mountains, nos EUA.

O animal foi flagrado estirado sobre o galho de uma árvore do parque.

A foto ganhou destaque após ser publicada pelo Departamento do Interior dos EUA no Twitter.

G1

Ave mais rara do mundo precisa de novo lar


O zarro de Madagascar já povoou diversos lagos deste país africano, mas hoje está encurralado em um local inadequado para sua preservação.

Lago em Madagascar (BBC) Ave de Madagascar é a mais rara do mundo

Um dos poucos que ainda permanecem intocados pelo homem em Madagascar, o lago é profundo demais para que os filhotes se alimentem.

Quase todos acabam morrendo de fome.

Isso faz com que a ave mais rara do mundo - estima-se que existam apenas 25 zarros na natureza atualmente - esteja à beira da extinção.

No entanto, ainda há esperança para a espécie.

Há dois anos, filhotes nasceram em cativeiro pela primeira vez.

Assim que for um novo habitat for encontrado, eles poderão ser reintegrados à natureza.

BBC

Cansado de guerras alheias

A poesia só é poesia por trazer deslumbramento ou perplexidade. 
Algumas vezes , traz os dois. 
Os textos do Joilson são assim: um susto que deslumbra.” 

Nara Rúbia Ribeiro 


Cansado de guerras alheias

Alto lá!
me dizem esses senhores,
que com olhares inquisidores me perguntam:
de onde vem, caminhante, e o que faz da vida?
ora, eles sabem que sou um velho soldado,
veterano de muitas guerras perdidas, suas guerras.
já não tenho paz, nem é minha essa terra,
pois sou apenas um homem que morreu antes de ser abatido.

Em cada combate, em cada batalha, eu me vi vencido.

E quanto mais eu cavava trincheiras na minha alma,
tentando me esconder dos órfãos desvalidos,
das viúvas abandonadas e dos velhos sonolentos, mais me aprofundava nos meus tormentos, nas minhas tristezas.

Minhas mãos sujas arrancavam o pão de suas mesas,
abatendo seus pais, seus filhos, seus maridos.

Não tem calor nesse fogo que me agasalhe o corpo,
é tanto frio dentro de mim, tanto medo que me consome
e num chão frio que há dentro do meu peito,
enterrei o pássaro da paz, dei-lhe lápide, escrevi os nomes
dos que tombaram defendendo seus caprichos, senhores.

Não, não me deem suas honrarias, não me mandem flores,
não me glorifique por essas guerras que não são minhas.

Se sou herói, sou derrotado, sou um pobre mito feito com sangue de outros homens.

Joilson Kariri

Cão mais triste da Grã-Bretanha é adotado após passar meses em abrigo de animais


Os funcionários do abrigo de animais Battersea Dogs & Cats temiam que a rottweiler, Bless, não encontrasse um novo lar, devido à sua expressão triste.

Depois de passar cinco meses no instituto de caridade, bem acima da média de permanência dos cães, que é de 29 dias, o local procurou a mídia, na esperança de encontrar alguém disposto a adotar o animal.

Felizmente a tentativa deu certo.

Geoff e Sylvia viram Bless pela primeira vez na TV, mas, inicialmente, pensaram que muitas pessoas já estariam na fila para adotá-la. Quando resolveram entrar em contato, tiveram a feliz surpresa de poder adotá-la a tempo.

Cadela Bless, conhecida como a mais triste da Grã-Bretanha devido à sua expressão, finalmente encontrou novo lar após abrigo de animais temer que ninguém fosse a adotar.

O casal disse que a cadela, agora chamada Bess, é fantástica, e mudou até o semblante na fotografia tirada por eles.


O animal agora tem um novo lar e esperança de uma vida mais alegre.

Fonte: Metro

Permita Que A Sua Vibração Se Eleve!


Num mundo onde a negatividade tende estar mais presente em nossas vidas, ao ponto de ter se tornado um hábito, é chegada a hora de sair deste padrão de medo e frustração e experimentar a vida sob outra perspectiva.

Cada pessoa neste planeta, que vive hoje em meio a tantas mudanças e transformações, aceitou encarnar agora para experimentar essa nova realidade.

Passamos tantas vidas em sofrimento, miséria, guerras, fome, maus tratos e descasos, que torna-se desnecessário agora, manter-se ainda nesse modelo.

Já vivemos tudo isso, já aprendemos, agora é hora de seguir adiante.

Para tanto teremos de praticar uma nova forma de pensar, de agir.

Comecemos pelo passo essencial que comporta toda mudança: precisamos começar a nos observar.

Observar-se implica em tornar-se consciente de si mesmo toda vez que for possível.

O que estou sentindo agora? 
Estou feliz, triste? 
O que estou pensando? 
O que posso pensar para elevar minha vibração? 
Que pensamentos aparecem constantemente em minha mente? 
Tem algo me incomodando que devo dar maior atenção? 

Sempre com o foco no agora, e toda vez que possível, devemos fazer esse exercício simples de se observar.

Observe como você age com outras pessoas, como fala, o que faz.

Perceba se tem algum comportamento que gere desarmonia, alguma atitude que esteja demandando muito esforço, quais os padrões de comportamento que necessitam alguma mudança?

Esse pequeno grande passo, permite uma análise sincera com relação a nós mesmos, e abre as portas para que possamos nos tornar muito melhores e elevarmos nossa vibração.

As melhores coisas da vida vibram com intensidade, estão a nossa disposição, mas para tanto é preciso alcançar essa frequência.

Pense nos momentos em que teve as melhores ideias, qual era seu estado? 
Quando as coisas fluíram com facilidade, como estava se sentindo? 

Aprendemos durante séculos a reagir ao invés de agir.

Reagindo, ficamos felizes apenas quando, com muito esforço, alcançamos algo em nossa vida.

Agindo, nos colocamos sempre no estado de gratidão e felicidade que permite as coisas chegarem até nós.

Pense nas pessoas que você admira, que já tem aquilo que você deseja: o que elas pensam? fazem? como vibram?

Elevar nossa vibração exige prática.

Nos habituamos com estados de ser mais densos e isso tem causado desconforto, doenças e desequilíbrios.

Mas, sendo responsáveis pela nossa própria felicidade e harmonia, podemos agora começar a dar mais atenção ao nosso ser, permitindo que a luz de nossa consciência ilumine nosso caminho.

Abraham Hicks, exemplifica um pouco mais no vídeo abaixo, sobre como podemos permitir nossa vibração de elevar-se, confira:



 Via: despertandodeuses
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...