quarta-feira, agosto 20, 2014

Viva Enquanto Ainda é Uma Escolha!


Saibas, então, ser semeador do amor. Propagador do sorriso – daqueles largos que mostram até os sisos. E que o céu da tua boca seja estrelado como as noites do interior. Aproveite tudo o que vier em tua vida. Porque nesta viagem só de ida até quando se anda para trás está indo para frente.

O relógio corre e a vida encurta. Não fume cigarros. Não beba demais. Nem dê ouvidos aos velhos cansados como eu. Seja são sete dias da semana. Mas reserve algum tempo para fugir da racionalidade. Apaixone por si mesmo 24 horas por dias. Mas separe boa parte do amor próprio para espalhar ao mundo. Não dê flores. Mas tenha um jardim. E uns bichinhos.

Compre livros caros. Tenha carinhos raros. Tenha caminhos tortos. E caninos afiados. Não fale mal dos outros pelas costas. Critique-o com mais sabedoria do que quando for elogiá-lo. Elogio-o sempre quando for criticá-lo – nada está de todo mal. Esteja sempre perfumado, mas sem entupir o elevador. Vá de bicicleta. Suba de escada. Tenha orgulho dos teus pais e do teu país. Aprenda política para discutir com os políticos.

Eduque teus filhos para que eles tomem suas próprias decisões. Tenha relógio, caneta e caderno de anotações sempre ao alcance. Ajude as pessoas quando elas caírem em tua frente. Dê lugar aos idosos e às mulheres em transportes públicos. Prefira teatros a boates. Mas se puder, vá aos dois.

Quando tiver insônia, veja filmes antigos na TV, escreva ou reze. Mas não fique na cama. Não desperdice teu tempo. Não gaste muito dinheiro com roupas. Nem com sapatos. Nem com cortes de cabelo. Aprenda uma língua estrangeira. Ou duas. Ou doze. Mas, primeiramente, domine o teu idioma nativo. Viaje o máximo que puder. Tire fotografias engraçadas e embaraçosas. Tenha uma música para a vida inteira. Vá a shows e grite como uma menininha.

Leve bombons num primeiro encontro. Elogie a roupa dela e o seu perfume. Mas não esqueça de notar nos brincos e nas sapatilhas. Não a leve ao cinema. Leve-a num café. Conversem. Depois, vá ao cinema. Conheça o máximo de pessoas que puder. Mas confie em poucas.

Arrume seu armário antes de procurar um amor. Arrume um emprego antes de procurar um amor. Arrume-se todo antes de procurar um amor. Case com a tua melhor amiga. Ou se torne o melhor amigo da tua esposa. Cale-se quando quiser xingá-la. Faça surpresas ao meio-dia. Compre vestidos em dias comuns. Tome o sorvete na mesma casquinha. Trabalhe mais do que deseja e menos do que suporta. Aproveite os caminhos de ida e de volta. Leia, planeja ou recupere teu sono.

Alimente-se bem nos dias de semana. Deixe sempre teu celular no silencioso. Lave as mãos sempre ao chegar em casa. Durma no sofá enquanto ainda é uma escolha.

Acorde tarde enquanto ainda é uma escolha. Viva enquanto ainda é uma escolha. Toda dor pode ser suportada enquanto é ainda sentida.

Por Hugo Rodrigues

Para que serve a cor da pele?


“A variedade na cor da pele deve ser comemorada como uma das manifestações mais visíveis da nossa evolução como espécie. ” 
(Nina Jablonski e George Chaplin)

Por que nós, humanos, temos cores de pele tão diversas? Nossos ancestrais mais antigos tinham pele clara, coberta de pelos escuros, igual nossos parentes mais próximos, os chimpanzés. Mas foram perdendo os pelos do corpo. A pele clara ficou exposta à radiação solar dos trópicos, onde viviam. Para sobreviverem a tanto sol, sua pele começou a produzir melanina, pigmento que dá cor à pele e que funciona como protetor contra os raios UV.

Só que os raios UV, tão nocivos por um lado, têm também uma função importante: ativam a produção da vitamina D, essencial para a formação dos ossos. Tudo ia bem nos trópicos: a pele escura filtrava os raios UV, mas mesmo assim a quantidade que atingia a pele era suficiente para sintetizar a vitamina D. Até que nossos ancestrais resolveram se aventurar pelo mundo. Ao chegar em regiões frias, a pele escura virou um sério problema: filtrando a pouca radiação solar disponível, a pele não conseguia receber radiação solar suficiente para a produção da vitamina D. Naquele momento, a sobrevivência demandava uma despigmentação da pele. Quanto menos radiação solar tinha a região, mais despigmentada a pele tinha que ser, para maximizar a produção da vitamina D.

E assim, como resultado da seleção natural, o ser humano atingiu um equilíbrio: em regiões quentes, as populações nativas têm pele escura; em regiões frias, as populações nativas têm pele clara. Sempre com a finalidade de proporcionar tanto fotoproteção quanto síntese da vitamina D.

Desequilíbrio

Com as migrações dos últimos séculos, muitos grupos humanos passaram a viver em regiões para as quais sua pele não está adaptada. Dois casos:

-Os ingleses que se estabeleceram na Austrália nos séculos XIX e XX. Não é por acaso que a Austrália hoje tem um dos maiores índices de câncer de pele do mundo.

-Os indianos e os paquistaneses que se mudaram para o norte da Inglaterra em décadas recentes. Por muito tempo não se sabia por que eles sofriam de doenças relacionadas à deficiência de vitamina D, como raquitismo e osteoporose. A pele deles, adaptada à sua terra de origem, é a explicação.

Essas informações interessantes fazem parte do artigo: The evolution of human skin coloration - Nina G. Jablonski and George Chaplin (Department of Anthropology, California Academy of Sciences)

Por Lucia Mandel

Fuja do mundo fora da realidade


À medida que você sustenta mentiras e falsidades, você se torna prisioneiro de um mundo fora da realidade.

A verdade que você esconde de você mesmo o separa do crescimento e da realização.

A verdade que você esconde dos outros o mantém distante. Infelizmente, algumas pessoas fazem da mentira um estilo de vida.

A verdade faz brilhar a luz em sua vida, para que você veja claramente o caminho que deve seguir.

O sucesso, as conquistas, a felicidade, a alegria, o companheirismo e a realização florescem ao calor da luz da verdade.

A honestidade é o caminho mais direto para onde você quer chegar.

A verdade e a honestidade são com frequência difíceis, mas não mais difíceis que a falsidade.

Pensar diferente disso é desapontar até a você mesmo.

Esconder-se nas sombras da falsidade faz com que avanços se tornem impossíveis.

Que a verdade é moral e ética não é segredo.

Mas a verdade também é prática e eficiente, e funciona em toda conquista que valha a pena, algo já sabido pelos que desfrutam de sucesso duradouro.

Viva na luz brilhante e poderosa.

Abrace a verdade.

Autoria desconhecida

terça-feira, agosto 19, 2014


Boa noite Comentando...









Saber esperar...



Tantas vezes queres que tudo aconteça, já, neste segundo...

E quando os dias passam e algo te acontece, agradeces pelo tempo dado, pela espera ansiosa, pela alegria agora tão presente.

Esperar requer boa vontade, compreensão e discernimento.

Enquanto esperas, não entres em confusão...

Faze dos teus dias, dias de sol.

Faze das tuas noites, noites de luas e estrelas.

Para que por eles tu atravesses em celebração, em doçura, em devoção.

Sem ser tocado pelo medo, sem ser escondido pela escuridão, sem ser engolido pela fome da ilusão.

Não te enganes achando que somente tu é quem dará as tuas próprias direções.

Há livre arbítrio, mas há cursos que deverás incorrer sem ao menos saberes o porquê.

Nestes tempos, tranqüiliza, pois teu coração reconhece e vive intensamente o que a luz deixa derramar sobre ti sem a tua devida consciência.

Tudo porque ainda não sabes o que é melhor para ti.

Tudo porque ainda tens dúvidas quanto ao teu valor, a estrela que reluz dentro de ti.

Tua existência é rodeada de cuidados, de proteção e de amor.

Tua existência é sagrada, portanto, vive o que te é dado viver.

Quando tua vida parecer parar em algum ponto do tempo, lembra-te que esperar é ser confiante, e ser confiante reflete aquele que nunca se esquece de tecer a sua própria rede.

Espera com teu coração e tua mente saberá o silêncio descansando em paciência.


(Desc. autor)




Sol Hoffmann


Já não tenho paciência para algumas coisas


"Já não tenho paciência para algumas coisas, não porque tenha me tornado arrogante, mas simplesmente porque cheguei a um ponto da minha vida em que não me apetece perder mais tempo com aquilo que me desagrada ou fere.

Já não tenho pachorra para cinismo, críticas em excesso e exigências de qualquer natureza.

Perdi a vontade de agradar a quem não agrado, de amar quem não me ama, de sorrir para quem quer retirar-me o sorriso.

Já não dedico um minuto que seja a quem me mente ou quer manipular.

Decidi não conviver mais com pretensiosismo, hipocrisia, desonestidade e elogios baratos.

Já não consigo tolerar eruditismo seletivo e altivez acadêmica.

Não compactuo mais com bairrismo ou coscuvilhice.

Não suporto conflitos e comparações.

Acredito num mundo de opostos e por isso evito pessoas de caráter rígido e inflexível.

Desagrada-me a falta de lealdade e a traição.

Não lido nada bem com quem não sabe elogiar ou incentivar.

Os exageros aborrecem-me e tenho dificuldade em aceitar quem não gosta de animais.

E acima de tudo já não tenho paciência nenhuma para quem não merece a minha paciência."


 José Micard Teixeira.

segunda-feira, agosto 18, 2014


Boa noite Comentando...








Águas de Março


(Tom Jobim)


É pau, é pedra, é o fim do caminho
é um resto de toco, é um pouco sozinho
é um caco de vidro, é a vida, é o sol
é a noite, é a morte, é um laço, é o anzol
é peroba do campo, é o nó da madeira
caingá, candeia, é o Matita Pereira
É madeira de vento, tombo da ribanceira
é o mistério profundo
é o queira ou não queira
é o vento ventando, é o fim da ladeira
é a viga, é o vão, festa da cumeeira
é a chuva chovendo, é conversa ribeira
das águas de março, é o fim da canseira
é o pé, é o chão, é a marcha estradeira
passarinho na mão, pedra de atiradeira

Uma ave no céu, uma ave no chão
é um regato, é uma fonte
é um pedaço de pão
é o fundo do poço, é o fim do caminho
no rosto o desgosto, é um pouco sozinho

É um estrepe, é um prego
é uma ponta, é um ponto
é um pingo pingando
é uma conta, é um conto
é um peixe, é um gesto
é uma prata brilhando
é a luz da manhã, é o tijolo chegando
é a lenha, é o dia, é o fim da picada
é a garrafa de cana, o estilhaço na estrada
é o projeto da casa, é o corpo na cama
é o carro enguiçado, é a lama, é a lama
é um passo, é uma ponte
é um sapo, é uma rã
é um resto de mato, na luz da manhã
são as águas de março fechando o verão
é a promessa de vida no teu coração

É pau, é pedra, é o fim do caminho
é um resto de toco, é um pouco sozinho
é uma cobra, é um pau, é João, é José
é um espinho na mão, é um corte no pé
são as águas de março fechando o verão
é a promessa de vida no teu coração

É pau, é pedra, é o fim do caminho
é um resto de toco, é um pouco sozinho
é um passo, é uma ponte
é um sapo, é uma rã
é um belo horizonte, é uma febre terçã
são as águas de março fechando o verão
é a promessa de vida no teu coração

É pau, é pedra, é o fim do caminho
é um resto de toco, é um pouco sozinho

É pau, é pedra, é o fim do caminho
é um resto de toco, é um pouco sozinho

Pau, pedra, fim do caminho
resto de toco, pouco sozinho

Pau, pedra, fim do caminho,
resto de toco, pouco sozinho





Sol Hoffmann

Elefantes dão 'encarada' à moda dos lutadores de UFC na Alemanha


Dois elefantes foram flagrados dando uma 'encarada' à moda dos lutadores do UFC nesta segunda-feira (18) no zoo de Muenster, no oeste da Alemanha.

O flagrante curioso foi feito pelo fotógrafo Patrik Stollarz.

G1

Quem empinou o sol a pino?

“De onde vem a expressão ‘sol a pino’? Que pino é esse? Obrigado.” (Carlos Pedrosa) 

O “pino” a que Carlos se refere é simplesmente “o ponto mais elevado do Sol; zênite” (Houaiss), uma acepção que, por extensão, gerou também a de ponto mais alto em geral, pináculo, auge, cume.

A curiosidade da palavra “pino” não está em sua acepção de zênite, empregada de forma simplesmente literal na expressão “sol a pino”, e sim na origem.

Trata-se de um termo oriundo do latim pinus, “pinheiro”.

Estamos diante de uma expansão de sentido metafórica: ereto e delgado, o vocábulo nascido para nomear uma árvore passou a designar “qualquer objeto longo e reto” e também, por sua altura, a servir de referência para aquilo que se ergue muito acima do chão.

O verbo “empinar” tem a mesma origem.

Para adicionar um pouco de poesia (etimológica) a esta explicação, sol a pino é nada mais que um sol empinado.

SERGIO RODRIGUES

MULHER SEMPRE SABE DE TUDO


Homem finge que presta atenção, já a mulher finge que não presta atenção.

Ela grava tudo o que está acontecendo.

Não precisa de câmera pela casa se você está casado.

Sua companhia não depõe as armas, não descansa os ouvidos, não perde uma conversa.

Ela lhe cuida mesmo quando é indiferente, ela lhe observa mesmo quando vira as costas, ela lhe ama mesmo quando parece não amar.

Homem realiza uma tarefa de cada vez, mulher jamais se contenta com uma tarefa.

Na aula de Yoga, ela estará se alongando perfeitamente, cantando o mantra, respirando como um monge e também conferindo o estado de suas unhas, qual brecha marcará a manicure, o que almoçará, o que falta entregar do trabalho. Homem preocupado não dá conta nem de sua cãibra.

Descobrirá sua onipotência auditiva na discussão de relacionamento.

Na briga, ela lembrará o que você jurava que passou em branco. Trará o que você tinha certeza de que ela não percebeu. Comentará o que você confiava que não tinha sido registrado.

Homem acredita na impunidade de seus atos. Se aquilo não foi dito no calor da hora, então está livre do julgamento. Que nada! Não existe prescrição de crime no mundo feminino. Ainda que demore meses, anos, décadas, um dia ela vai pedir explicações.

Toda esposa é a justiça encarnada.

Se ela não falou no ato não significa que não viu, somente não quis falar.

Guardará a cena para devolver no momento certo. Seu hábito não é desmascarar uma mentira, porém preparar o flagrante.

Pode suar frio, ela sabe. Pode treinar no espelho, ela sabe. Pode forjar álibis, ela sabe. Pode ensaiar com os amigos, ela sabe. Pode esperar que ela sabe.

Mulher controla os detalhes, as palavras, revisa as frases, testa coerência e continuidade do seu raciocínio em minutos, checa seus antecedentes, cruza dados e fotos, verifica suas pequenas mudanças de comportamento, compara situações e respostas do histórico da relação.

Ela vem com um aplicativo da Polícia Federal a mais no seu DNA.

Se está distraída, esteja convicto de que está disfarçando.

Homem simula que escuta, pega a última frase que escutou e improvisa. Mulher faz o maior dos esforços para se mostrar desinteressada. Sua sensibilidade não sossega um minuto. É uma capacidade monstruosa e maravilhosa de nunca se ausentar.

É pior do que escoteiro: sempre alerta. É evidente que sua concentração absoluta tem efeitos colaterais: o estresse, a irritabilidade, as longas enxaquecas. Mas são consequências naturais para quem fica ligada dia e noite nas movimentações do amor.

Não tem como enganar uma mulher. A única chance é ela se enganar por vontade própria.

FABRÍCIO CARPINEJAR

A rosa tem que fazer alguma coisa?


"A rosa tem que fazer alguma coisa? 

Não, o objetivo da rosa é apenas ser uma rosa. 

Seu objetivo é ser quem você é. 

Você não precisa sair correndo e se tornar outra pessoa. 

Você é maravilhoso do jeito que é. 

Esse ensinamento do Buda permite que a gente se divirta, contemple o céu azul e tudo o mais que é tão bom e refrescante no momento presente." 

Thich Nhat Hahn

Bom Dia!!!!


A segunda-feira começa e, queira você ou não, precisa ter coragem para fazer o que tem que ser feito.

Se você começou a planejar a sua semana no domingo, ponto para você.

Caso contrário, você pode perder a mão da sua segunda-feira.

De qualquer maneira, não precisa se desesperar.

Aqui estão 9 citações que vão ajudar você a vencer a sua batalha interna de motivação e começar a semana, um dia de cada vez:

1 - “Cada experiência, não importa o quanto pareça ruim, tem em si uma bênção de algum tipo. O objetivo é encontra-lo”

2 - “Seja tão feliz que, quando os outros olharem para você, eles se sintam muito felizes também”

3 – “Eu escolhi ser feliz porque isso é bom pra minha saúde”

4 - “Uma mente negativa nunca vai lhe dar uma vida positiva” 

5 - “A vida é uma oferta única. Use-a bem” 

6 - “Hoje é um bom dia para ter um bom dia”

7 - “Do outro lado do medo, reside a liberdade” 

8 - “Nunca é muito tarde no dia para começa-lo bem” – autor desconhecido. 

9 - “A luta que você tem que vencer hoje é desenvolver a força que você precisa para amanhã”

Via: Jornal do Empreendedor

O SEGREDO

domingo, agosto 17, 2014


Boa noite Comentando...






Sua Vida...


Quando sua vida começa, você tem apenas uma mala pequenina de mão...
A medida em que os anos vão passando, a bagagem vai aumentando porque existem muitas coisas que você recolhe pelo caminho, por pensar que são importantes.

A um determinado ponto do caminho começa a ficar insuportável carregar tantas coisas, pesa demais, então você pode escolher: ficar sentado a beira do caminho, esperando que alguém o ajude, o que é difícil, pois todos que passarem por ali já terão sua própria bagagem.

Você pode ficar a vida inteira esperando, Ou você pode aliviar o peso, esvaziando a mala.

Mas, o que tirar ? Você começa tirando tudo para fora... veja o que tem dentro: Amor, Amizade...nossa ! Tem bastante, curioso, não pesa nada...
Tem algo pesado.... você faz força para tirar.... era a Raiva - como ela pesa !

Aí você começa a tirar, tirar e aparecem a Incompreensão, Medo, Pessimismo... nesse momento, o Desânimo quase te puxa pra dentro da mala .... Mas você puxa-o para fora com toda a força, e no fundo da mala aparece um Sorriso, que estava sufocado no fundo da sua bagagem....

Pula para fora outro sorriso e mais outro, e aí sai a Felicidade... Aí você coloca as mãos dentro da mala de novo tira pra fora um monte de Tristeza...
Agora, você vai ter que procurar a Paciência dentro da mala, pois vai precisar bastante....

Procure então o resto: a Força, Esperança, Coragem, Entusiasmo, Equilíbrio, Responsabilidade, Tolerância e o Bom e Velho Humor. Tire a Preocupação também. Deixe de lado, depois você pensa o que fazer com ela...

Bem, sua bagagem está pronta para ser arrumada de novo. Mas, pense bem o que vai colocar dentro da mala de novo, hein.

Agora é com você. E não se esqueça de fazer essa arrumação mais vezes, pois o caminho é MUITO, MUITO LONGO, e sua bagagem, poderá pesar novamente.
Um maravilhoso dia pra você!!! 
 

(Mensagem do Chrysca's Site)





Sol Hoffmann

O jardim do meu coração


No jardim do meu coração 
Muitas flores morreram, 
Muitas ainda estão 
E outras nunca nasceram. 

Aquelas que não foram regadas 
Talvez eu nem me lembre mais 
E aquelas que serão cultivadas, 
Me deixam sem conforto e sem paz. 

No entanto, quando estou a olhar 
O jardim da minha emoção, 
Vejo as flores que estou a cuidar 
E que colorem meu coração, 

Mas lá vou eu e as colho, 
Um lindo buquê eu faço, 
As mais bonitas escolho 
E então, delas, me desfaço. 

 Elizabeth Lourenço

Leve como uma pluma…


Não encontramos otimistas a todo momento, já que os obstáculos da vida tem endurecido muitas pessoas, mas pelo menos uma vez ao dia você cruza com alguém assim e por incrível que pareça o que deveria ser normal, causa estranheza na maioria das pessoas.

Já presenciei um senhor em um discurso inflamado e otimista sobre a atual situação política do Brasil e pessoas ao redor fazendo sinal de que ele era louco ou balançando suas cabeças desaprovando tamanha “ingenuidade”.

Os otimistas não deveriam ser criticados e sim, admirados! Enfrentam a vida de peito aberto, com coragem, determinação e confiança. Essa atitude destemida deles nos faz perceber quanto medo, insegurança, dúvidas e peso carregamos em nossos ombros.

Quando estamos em grupo é possível notar que existe um sofrimento coletivo inconsciente. Somos todos sofredores! Sofremos pela corrupção, o emprego, os filhos, maridos e esposas, dor aqui, dor ali e uma infinidade de motivos para manter a infelicidade individual e coletiva.

Para que alimentar esse EU sofredor?

É um padrão que nos limita, nos torna impotentes, vítimas, submissos e sofredores. Vamos viver os momentos valorosos da vida com outra consciência, porque toda revolução começa dentro de nós.

Fácil falar?

Pode ser, mas nenhuma mudança ocorre de uma hora pra outra. Acontece aos pouquinhos, com paciência, carinho, boa vontade, determinação e CONSCIÊNCIA!

A leveza e o bom humor surgem dessa consciência, como para todos os aspectos da nossa vida. Temos o hábito de enxergar a vida como somos e não como ela realmente é. Se optarmos pelo otimismo, enxergaremos uma vida mais colorida, se insistirmos no pessimismo, nossa vida continuará preto e branco.

Somos preciosos demais para carregar um fardo desnecessário. Deixemos a preocupação para o momento certo e com moderação.

É preciso manter uma vida atenta, ativa, positiva, confiante, principalmente em relação a nossa individualidade. Temos que ser nosso primeiro amor para nos respeitarmos e adquirirmos a leveza de viver o verdadeiro Eu.

A nossa grandeza não está em posição social, bens materiais ou o que pensam ao nosso respeito, mas naquilo, que somos e esse SER É LEVE como uma pluma! Só de pensar nisso já me sinto flutuando…

Sejamos adepto da LEVEZA! Podemos espanar o ombro direito, o ombro esquerdo, estufar o peito, abrir nosso sorriso mais poderoso, mente focada na felicidade e gritar para a vida: “Sai da frente que que eu “tô” passando!”

A leveza te entrega uma qualidade de vida mil vezes melhor! Passo de formiguinha e vamos chegar lá! Seja leve como uma pluma!

Seja feliz!

Rita Leal

sábado, agosto 16, 2014


Boa noite Comentando...









Bons olhos...



Nunca se queixe de sua aparência:
Deus sabia o que estava fazendo quando criou você.
A feiura e a beleza são invenções dos seres humanos.

Mulheres ou homens que outrora eram considerados
bonitos, hoje nos parecem muito feios, segundo
nosso conceito atual de beleza.
A beleza e a feiura são apenas conceitos.

É nossa energia que determina nosso Poder de Atração.
Quando ela não é boa, quem nos olha tem a sensação
de que está faltando "algo", embora nem saiba
exatamente o quê. É a energia em desalinho que traz
essa sensação de alguma desarmonia no todo.
É ela que atrai ou repele, e isso vale para tudo.

É preciso que façamos por nós o que ninguém
pode fazer melhor do que nós mesmos:
ACEITAR-NOS COMO SOMOS.
Só assim o Mundo poderá nos aceitar por inteiro,
pois ele só imita o que nós fazemos conosco.

Se você quer ser amado AME-SE.
Se deseja ser admirado ADMIRE-SE.
Se busca por aprovação APROVE-SE.
Se necessita ser ouvido OUÇA-SE.
Se almeja a paz DÊ-SE PAZ.
Se não aceita o desrespeito RESPEITE-SE.

Tudo que você deseja do Mundo torna necessário que
- para o conseguir -
você seja seu próprio e primeiro fornecedor.
Ninguém pode lhe "passar a perna" nem derrubá-lo
se o seu apoio e fé em si mesmo são fortes.

De vez em quando sua aparência física poderá ajudar
ou não, mas a SUA ENERGIA sempre lhe garantirá
e atrairá tudo que tem a ver com a maneira
como você se vê. Olhe-se com bons olhos!

Fica em suas mãos este carinhoso recado.
Escolha o que fazer com ele e com Você.
Lembre-se que, além da matéria, você é energia.

Que bons olhos o vejam!


(S i l v i a  S c h m i d t )





Sol Hoffmann

Seus resultados vêm de suas ações e não de suas intenções!


Já conheceu alguém que vive magoando as pessoas, "esquecendo-se" de ser gentil ou de se importar com o outro e, quando questionado, simplesmente responde que não teve a intenção? Que foi sem querer?

Que todo mundo erra, é fato! E é compreensível! Mas repetir os mesmos erros indefinidamente com a desculpa de que não teve a intenção de ofender, prejudicar ou ferir ninguém, isso é inadmissível.

E não estou classificando esse comportamento por conta própria, não! Estou certa de que a vida não admite essa justificativa. Tenho visto muitas pessoas pagando por erros que não tiveram a intenção de cometer. Mas cometeram. E repetiram. Acreditando que bastaria pedir desculpas uma, dez, mil vezes e estaria tudo certo! Não! Não está!

Nossa vida é consequência de nossas ações e não de nossas intenções. Nossos resultados são construídos a partir do que fazemos e não do que "não queríamos ter feito". Enquanto você continuar agindo sem consciência, pouco ou nada se importando com as pessoas com quem convive, e acreditando que só suas intenções é que contam, estará apenas acumulando chances para resultados medíocres, senão miseráveis.

Se eu acredito em arrependimentos? Com toda certeza! Pessoas que se arrependem são aquelas que se dão conta de seus enganos e de suas limitações e se comprometem, de verdade, a tentar, dia após dia, fazer diferente. São pessoas que, finalmente, compreendem que somos todos um! Que sozinhas não faz sentido. Que não podem usar e manipular os outros a seu bel prazer. Que não podem tripudiar sobre o coração de alguém só porque não era essa a intenção delas!

No mais, vale lembrar que o Universo é uma grande engrenagem, perfeita e justa. Gira de acordo com os efeitos gerados por cada uma de nossas atitudes que, somadas, fazem o mundo ser exatamente como é! Torço para que o meu coração e o seu acordem. E que se mantenham atentos. Porque só assim poderemos agir de modo coerente com as nossas melhores intenções! E se ferirmos alguém, que haja espaço para - com toda a nossa alma - assumirmos nossos atos e sermos autênticos!

Rosana Braga

Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre.


Putz! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins.

No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele.

Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto.

Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo,soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?

hahahahahahahahaha!…

Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que você não vai ao cinema?

É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí,o que elas farão se já não têm por que se desesperar?

Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não.

Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas… a realidade já é dura; piora se for densa.

Dura, densa, e bem ruim.

Brincar é legal. Entendeu?

Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço,não tomar chuva.

Pule corda!

Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte.

Ser adulto não é perder os prazeres da vida – e esse é o único “não” realmente aceitável.

Teste a teoria. Uma semaninha, para começar.

Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são: passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir…

Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!

Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora?

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore,dance e viva intensamente antes que a cortina se feche!

Arnaldo Jabor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...