.

.

quinta-feira, julho 21, 2016

Coragem...


A pessoa corajosa não é a que jamais tem medo.
Nós, seres humanos, temos medo.
É preciso dar ouvido aos nossos medos: eles são um precioso sistema de alarme diante dos perigos do cotidiano.
Mas não é bom submeter-se a eles: às vezes, esse sistema fica desregulado.
Como uma espécie de alergia, um medo pode tomar corpo e transformar em fobia.

"A dúvida e o medo são as duas portas que todo ser humano tem que atravessar para conhecer e obter sua plena e completa liberdade."

Assumir com coragem, momentos dramáticos de nossa existência, podem contagiar, inspirar um grupo inteiro.
Foi a chave para a coragem demonstrada por aqueles que, em silêncio, suportaram insultos ao se unir a Gandhi e a Martin Luther King Jr., em atos de protesto pacífico, para despertar a consciência pública contra a injustiça.

“Ter coragem não é algo que requeira qualificações excepcionais, fórmulas mágicas, nem combinações especiais de hora, lugar e circunstância. É uma oportunidade que mais cedo ou mais tarde é apresentada para cada um de nós”.

Nas palavras de Osho: 

“Continuamos a perder muitas coisas na vida só por causa da falta de coragem. Na verdade, nenhum esforço é necessário para conquistar – só é preciso coragem – e as coisas começarão a vir até você, em vez de você ir atrás delas. Pelo menos no mundo interior é assim. E para mim, ser feliz é a maior coragem. Ser infeliz é uma atitude muito covarde. Na realidade, para ser infeliz, não é preciso nada. Qualquer covarde pode ser, qualquer tolo pode ser. Todo mundo é capaz de ser infeliz; para ser feliz é preciso coragem – é um risco tremendo”.

Todos nós temos fraquezas e nossos esforços nunca são perfeitos.
Mas estamos aqui para aprender, experimentar e cometer erros.
Ora, nós existimos numa rocha de pedra que gira à volta de uma bola de fogo que faz parte de um sistema solar menor, no extremo de todas as galáxias.
Quão pequenos é que somos?
Creio que estamos aqui para criar um mundo novo e melhor para todos.
É para isso e por isso que estamos aqui.
É o que eu acredito.
É o que podemos oferecer.

Portanto, sigamos essas palavras: 

É preciso coragem pra viver a vida, pra curar as feridas, pra existir.

É preciso coragem pra lutar, pra perder, pra ganhar

É preciso coragem pra construir, pra persistir, pra conquistar

É preciso coragem, é preciso sim, pra parar, pra pensar, pra aceitar que eu tive coragem, de ser feliz!

José Silveira

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...