.

.

sexta-feira, maio 05, 2017

Essa tal de vida é mesmo complicada, né?



Tem horas que bate uma tristeza. 

Tem horas que já não sabemos mais de onde tirar forças. 

Muitas vezes perdemos a motivação e o final do túnel parece cada vez mais escuro. 

Mas, se serve de consolo, acredite em mim: é complicado para todo mundo. 

Todo mundo mesmo. 

Cada um de nós tem um peso a carregar. 

O que não pode faltar, nunca, em hipótese alguma, é coragem e determinação. 

O seu problema não pode ser maior que a sua fé. 

Elimine o coitadismo do seu discurso. 

Entenda: a gravidade de um problema varia de acordo com o quanto você está ou não preparado para determinada situação. 

É tudo uma questão de quantas vezes você já passou por aquilo e o quanto está preparado para reagir. 

A dor depende da grossura da casca, do tamanho das feridas, do poder da armadura, da grossura do bigode, da resiliência do coração. 

Sobre já ter ou não passado pela mesma situação no passado. 

Sobre estar ou não preparado para resistir e enfrentar as dificuldades. 

O sobrevivente de um incêndio terá maiores condições de escapar do fogo sempre que precisar. 

Um náufrago dificilmente terá problemas ao voltar a conviver com a solidão. 

O término de um segundo amor não dói como o primeiro. 

Essa é a cruel lógica da vida. 

A de que você precisa de cicatrizes para aprender a suportar a navalha. 

Por isso, não tenha medo de viver. 

Um soldado está seguro no quartel, mas não é para isso que ele foi treinado. 

Enfrente a sua guerra diária ou viva sem medalhas. 

Acredite! A cada tombo sofrido você sempre se levantará mais forte. 

A verdade é que, só pode falar sobre a vida, quem já viveu o suficiente e, talvez, você ainda tenha vivido pouco.

Por isso tantos tombos. Por isso tanta dor. 

A maturidade é o grande poço da sabedoria e o seu me parece ainda um pouco raso demais. 

A dor passa, o aprendizado fica. 

Tropeçar não é o problema. 

Cair e levantar faz parte do jogo. 

O perigo está em se apegar a pedra. 

Fortaleça os seus ombros. 

Encare a sua batalha. 

As pessoas nem sempre vão te ajudar a carregar a sua dor. 

Elas estão ocupadas carregando as próprias dores. 

Coragem! Procure se lembrar: sucesso não é sobre quem cai menos e, sim, quem se levanta mais rápido.

rafamagallhaes

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...