terça-feira, dezembro 27, 2016

Boa tarde Comentando...







Controle-se e descontrole-se


"Quanto mais tento controlar o que está fora de mim, mais eu ME descontrolo."


Repita essa afirmação em voz alta e veja como você se sente.
Em seguida pense nas coisas e nas pessoas que você quer ter sob seu controle.
Pergunta: essas coisas e essas pessoas conseguiriam existir sem você?
Sua resposta deve ser extremamente honesta. Não se engane.

Um dia aprendemos a abraçar a ilusão de que somos indispensáveis.
É essa ilusão que nos escraviza à necessidade de viver em constante vigilância
como se fosse muito perigoso deixarmos que tudo e todos seguissem e
prosseguissem sem nosso excessivo cuidado, que geralmente é cansativo
e estressante para os dois lados.

Aceitemos ou não, tudo está em permanente movimento,
e isso sempre envolve mudanças.
A razão maior de alguns sofrimentos é a resistência em aceitar que tudo pode
mudar sem que se consiga controlar o processo.

Nenhuma guerra teria acontecido neste mundo se não houvesse
tanta gente resistente a mudanças.
O que é uma guerra senão o desejo das partes envolvidas
de ver a sua vontade dominando?

E assim é conosco também. Vivemos pequenas, médias e grandes "guerras"
diariamente só pela vontade de dominar e de alterar as escolhas e rotas alheias.

A paz só pode estar presente no coração de quem visa apenas o controle sobre si mesmo.
Como se pode encontrar descanso, dormindo com um ôlho aberto e o outro fechado?
O cansaço se acumula, e o que não podemos segurar escapa cada vez
mais pelos vãos dos nossos dedos.

Se seguíssemos a ordem "Viva e deixe viver"
teríamos mais longevidade e menos doenças, além de
outros transtornos terríveis e sufocantes.

O fato é que não somos - nem podemos ser! - onipotentes, oniscientes e onipresentes.
É imprescindível para o nosso próprio bem que reconheçamos que só Deus pode sê-lo.

Já que não podemos ser "deuses", escolhamos ser gratos por ser mais uma obra de Deus,
obra esta que veio ao mundo para ser aprimorada e, acima de tudo, LIVRE!

A liberdade só é experimentada quando libertamos
o que não temos capacidade para segurar.

Se o seu coração e mente lhe parecem gaiolas fechadas,
abra as portas e deixe que voem os "pássaros" presos.

Aproveite essa atitude para voar livremente também.
Ninguém o seguirá no momento derradeiro e vice-versa.
Essa verdade é indiscutível e imutável como todas as Leis do Céu.

Liberte para libertar-SE.

(Silvia Schmidt)




Sol Hoffmann

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...