.

.

sexta-feira, junho 24, 2016

Pula a fogueira Iaiá, pula a fogueira Ioiô


Quantas fogueiras para pular neste São João! Precisamos ter muito cuidado, são fogueiras altas, nosso arraiá está ardendo em fogo!

A fogueira do ex-ministro Paulo Bernardo é das mais altas, das que mais espalham brasa: a Operação Lava-Jato abriu o leque e tchan-tchan-tchan!, surgiu a Operação Custo Brasil!

Parece mentira mas é verdade verdadeira: de grão em grão, de uma taxinha de R$1,25 cobrada da parcela paga por cada beneficiário do empréstimo consignado, ao fim do período que vai de 2009 a 2015, o Ministério do Planejamento amealhou 100 milhões de reais.

Não me compreendam mal: essa vaquinha não resultou em ganho para o trabalhador brasileiro, não. Essa quantia encantadora passou pelo crivo de João Vaccari, ex-tesoureiro do PT, atualmente hóspede da PF, que a dividiu entre o PT e o ex-ministro Paulo Bernardo. Em resumo: os trabalhadores do Brasil, em sua santa ignorância, foram generosos com os dirigentes de seu partido. É ou não é uma fogueira que ilumina a noite de São João?

Não se avexe, há outras, há outras.

Por exemplo, a do deputado Eduardo Cunha. Pule essa com muito cuidado. O Cunha é um perito fogueteiro e nunca se sabe que tipo de fogos estão prestes a explodir na fogueira montada por ele.

E a do motoqueiro da Dilma? O homem de sobrenome que inspira um trocadilho? Será que ele se gaba da fogueira que armou? Certeza eu não tenho, mas essa eu prefiro nem arriscar pular.

E as fogueiras aqui do Rio? Estão todos os brasileiros aborrecidos com nossa pobre cidade e zangados com o governador Dornelles. O que é que vocês queriam que ele fizesse? Que pegasse o boné e nos deixasse à matroca?

Isso não seria de bom tom.

Mas tem algo que o governador deveria fazer. Numa entrevista coletiva lembrar ao Brasil quem teve a brilhante ideia de trazer a Olimpíada para o Rio. Isso mesmo, Ele, o Grande Líder, o Mito Trapalhão, o Rei dos Aloprados.

Copio aqui as palavras que ele disse em 2009 – que ano fatídico! – em Copenhagen, diante do Comitê Olímpico Internacional:

“Chegou nossa hora. Chegou! Entre as dez maiores economias do mundo, o Brasil é o único país que não sediou os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos. Para os outros, será apenas mais uma Olimpíada. Para nós, será uma oportunidade sem igual. Aumentará a autoestima dos brasileiros, consolidará conquistas recentes, estimulará novos avanços”.

“O Rio está pronto. Os que nos derem esta chance não se arrependerão”, disse o presidente Lula ao finalizar o discurso.

Engraçado que ninguém pergunta ao povo o que ele quer. Perguntaram sobre a Copa? Não. Desandaram a construir arenas ou a reformar, a custo de ouro em pó, estádios que faziam parte de nossa história. Está aí esse novo e caríssimo Maracanã que não me deixa mentir. Não é mais o Maracanã tri-campeão, é o Maracanã dos 7x1.

Que não me venham lembrar que a Inglaterra demoliu Wembley para construir outro Wembley. Cada país tem direito às suas burradas. Ontem mesmo a Inglaterra acendeu uma imensa fogueira para o Sinn Fein pular. Só quero ver no que vai dar...

O nosso arraiá é imenso, é um continente. Não seriam só essas fogueiras que poderiam iluminá-lo; há muitas outras que aos poucos irão se acendendo. Temos até a noite de São Pedro para pular fogueiras e participar das quadrilhas...

Não se esqueçam de pôr sebo nas canelas!

Maria Helena Rubinato Rodrigues de Sousa

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...