.

.

sexta-feira, janeiro 15, 2016

Mal comportada


O problema é que ainda há mulher que se confunde com vinho,

se autointitula, se permite receber rótulos.

Boazinhas, bem comportadas...

Dessas tenho mais medo que de sexta-feira 13.

Eu não sou exemplo de bom comportamento.

Aliás, não sou exemplo de nada.

Mas me recuso a ser rotulada como mau exemplo.

Eu digo palavrão porque posso.

Ele é contextualizado no meu discurso

e eu banco as consequências

daquilo que falo em alto e bom tom.

Há muito tempo conquistei o direito de ser EU.

E isso não tem nada a ver com feminismo.

Detesto "ismos".

Isso tem a ver com você nascer livre,

se querer livre e se manter liberta.

Quando os problemas me encarceram, eu grito!

Porque, de onde eu venho,

quem manda em mim sou eu.


Cláudia Dornelles

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...