.

.

quarta-feira, setembro 02, 2015

Fundador do PT quer impeachment de Dilma Rousseff


O 21º pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff protocolado na Câmara este ano partiu de um petista histórico: o jurista Hélio Bicudo, 93 anos, um dos fundadores do PT. Cabe agora ao presidente da Casa, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), decidir se dará ou não prosseguimento à demanda.

A ideia surgiu de uma conversa que Hélio teve com advogados logo após as manifestações de 16 de agosto. O pedido foi formulado e, nesta terça-feira, a filha dele, Maria Lúcia Pereira Bicudo, foi à Câmara para protocolar. O ex-petista não participou do ato porque passou recentemente por um procedimento cirúrgico devido a um infarte e permanece em casa, sob repouso. Maria Lúcia espera agora entregar simbolicamente o documento a Cunha.

O pedido se baseia nas apurações do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre as contas do governo para alegar que Dilma descumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), com as chamadas “pedaladas” fiscais. E defende ainda que a presidente faltou com probidade por causa de sua postura condescendente com os investigados na Lava-Jato.

Júnia Gama

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...