.

.

segunda-feira, abril 23, 2018

Rosa Seca





Rosa Seca

Caiu de um livro no meu regaço
uma dessas relíquias de um sonho de juventude:
uma rosa seca.

E eu perguntei ao livro de onde vinha aquela flor
O livro calou-se:não chegou ao meu ouvido
nem palavra nem som.

Então meus olhos descobriram uma página
onde havia uma nódoa.
Há muito tempo,muito tempo alguém tinha chorado.
Oh,quando e onde?

Beijei a rosa murcha,a rosa seca
e a lágrima também.
Há muito tempo alguém tinha amado:
Oh,quem? e a quem?

Salomon Blaumgarten

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...