.

.

sexta-feira, agosto 12, 2016

Assim vou remando , acreditando em um novo amanhecer.


Muitas vezes a travessia é difícil,

e apesar te ter outros no mesmo barco,

seguimos sozinhos,

num nevoeiro que parece não ter fim.

Cada um com seu remo,

seguindo sem saber pra onde ,

com os braços ja cansados de remar.

Na maioria do tempo a gente não sabe

nem pra que ainda está remando,

falta destino, falta vontade, falta tudo.

Até que o venha o nascer de um novo dia e o nevoeiro se dissipe,

como por mágica,

e depois daquela brisa gelada,

começamos a sentir novamente o gentil calor do sol.

E logo, vai parecer que aquele nevoeiro nunca existiu.

Assim vou remando , acreditando em um novo amanhecer.

Alan Wolf

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...