.

.

terça-feira, março 24, 2015

Esperei por você


Eu te esperei a vida inteira, sabia?

Esperei por esse sorriso, por esse olhar e por esse abraço.

Esperei alguém que conseguisse me entender, que fosse a minha companheira, a minha inspiração, que me fizesse ser um homem melhor e que estivesse disposta a ser a mãe dos meus filhos.

Esperei alguém que gostasse do que eu gosto, que me ensinasse a cada dia, que me fizesse querer ser alguém melhor a todo instante.

Por muito tempo eu gritei a quem quisesse ouvir que estava feliz sozinho, que não queria conhecer ninguém.

Não é de todo verdade.

Eu só consegui viver assim por todo esse tempo porque, lá no fundo, bem lá no fundo mesmo, eu tinha certeza que iria te encontrar.

Ou seria reencontrar?

Não sei bem como explicar, mas nunca tive sequer um segundo de dúvida.

Eu via toda aquela gente desesperada me apresentando várias pretendentes e pensava: quero só ver a cara deles quando ela aparecer.

Foi exatamente por isso que nunca aceitei algo menos que você.

Foi por isso que todas as vezes que uma felicidade mediana se apresentou eu prontamente descartei.

Por isso não doeu tanto quanto outras pessoas partiram.

Por isso eu tive tanta certeza quando te beijei pela primeira vez.

Era você quem eu esperava.

Não servia mais ninguém.

Você demorou porque tinha que ser exatamente assim.

Acho, inclusive, que isso faz parte da nossa fórmula do sucesso.

O fato de termos nos conhecido na hora exata, quando ambos já tinham experimentado tudo que tinham que experimentar.

Curioso como são as coisas, não é mesmo?

Como tudo acontece no tempo certo.

Às vezes fico analisando como cada episódio da minha vida, por mais que pareça descontextualizado, no final das contas, foi fundamental para que eu chegasse até aqui.

E como valeu a pena esperar.

Ainda bem que nunca duvidei da minha intuição.

Ela estava tremendamente certa.

Não existe um único item que eu tenha esperado que você não consiga até mesmo superar.

Eu sou muito mais feliz ao seu lado.

Com você encontrei a paz que eu sempre procurei.

Obrigado por não ter se esquecido do nosso acordo.

Ainda bem que você reapareceu.

Estava com saudade desde a última vida.


Rafael Magalhães

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...