.

.

segunda-feira, março 23, 2015

A força que sustenta


O amor verdadeiro é infinito
Não tem cor,
Não vê o feio
Nem o bonito.
É puro sentimento,
É fogo que queima por dentro,
Dilacera o coração.
O verdadeiro amor
Faz a gente querer parar no tempo,
Faz voar o pensamento,
Faz em alguém que a gente ama
A todo instante pensar.
O verdadeiro amor é puro
Às vezes faz doer o coração,
Causa no peito aflição,
Faz ansiar,
Perto querer estar de quem a gente ama
E não pensar em mais nada apenas
No sentimento que do peito emana.
O verdadeiro amor
É crença na descrença
É excelência,
É força que sustenta.
O amor verdadeiro
É capaz de calar
A dor no peito deixada,
É capaz de nos fazer esquecer
Alguém que só nos enganou
E com os nossos sentimentos brincou.
O verdadeiro amor
Não exige definição
É apenas uma semente que germinou e brotou No coração.

Dina Bissant

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...